Educação patrimonial: um recurso para alfabetização cultural no Ensino Fundamental - DOI 10.5216/ag.v3i1.6256

Autores

  • Ilza Alves Pacheco UFMS
  • Icléia Albuquerque de Vargas UFMS

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v3i1.6256

Resumo

A Educação Patrimonial é uma proposta interdisciplinar de ensino voltada para questões pertinentes ao patrimônio ambiental/cultural. Pode ser aplicada em comunidades próximas a patrimônios reconhecidos, como sítios arqueológicos, assim como em escolas com o objetivo de sensibilização sobre a importância do reconhecimento, da valorização e da conservação do patrimônio da região. Grande parte das comunidades desconhece a riqueza do patrimônio histórico e arqueológico de seus territórios. Este trabalho destaca a importância da educação patrimonial e suas possibilidades como atividade para estimular a curiosidade científica sobre os primórdios da cultura regional. Como uma alternativa para o fomento da alfabetização cultural no ensino fundamental, é apresentada a “Caixa-do-tempo” – um recurso didático-pedagógico apropriado para trabalhar noções de arqueologia no ensino fundamental. Palavras-chave: Educação Patrimonial, Arqueologia, material didático-pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-05-14

Como Citar

PACHECO, I. A.; VARGAS, I. A. de. Educação patrimonial: um recurso para alfabetização cultural no Ensino Fundamental - DOI 10.5216/ag.v3i1.6256. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 92–106, 2009. DOI: 10.5216/ag.v3i1.6256. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/6256. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos