A ferrovia como via de integração nacional: um discurso sobre a unidade territorial

Autores

  • Marco Túlio Martins Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga, Goiás, Brasil.
  • Rita de Cássia Martins de Souza Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v12i3.55779

Resumo

Este trabalho intitulado A ferrovia como via de integração nacional: um discurso sobre a unidade territorial tem como objetivo central a análise da materialidade geográfica projetada a partir dos discursos dos geopolíticos militares, no caso, o historiador e geopolítico brasileiro Nelson Werneck Sodré em consonância com o discurso de Mário Travassos. Foi abordada uma perspectiva geopolítica recorrente nas obras e nos discursos promulgados pelos militares, qual seja: a integração nacional e a formação do mercado interno; a ferrovia e a integração territorial. A análise está envolta da perspectiva de formação do território brasileiro, constituindo uma das perspectivas teórico-metodológica do pensamento geográfico: o discurso geográfico como forma de projeção da materialidade territorial de um Estado.

Palavras-Chave: Pensamento Geográfico; Unidade Territorial brasileira; geopolítica brasileira; Nelson Werneck Sodré.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Túlio Martins, Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga, Goiás, Brasil.

D

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

MARTINS, M. T.; SOUZA, R. de C. M. de. A ferrovia como via de integração nacional: um discurso sobre a unidade territorial. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 12, n. 3, p. 75–93, 2018. DOI: 10.5216/ag.v12i3.55779. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/55779. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos