ComunicaCidade, ou como a cidade se comunica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v13i1.52949

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar a cidade – qualquer cidade – como um meio de comunicação, para que essa perspectiva possa ser incluída em estudos geográficos e/ou interdisciplinares. Escrito sob a forma de ensaio, o artigo foi pensado da seguinte maneira: existem evidências que demonstram que a cidade se comunica. Assim, as evidências encontradas foram sistematizadas uma a uma, cotejando a literatura base com as vivências de pesquisa desenvolvidas sobre um lugar específico da cidade de São Paulo. A primeira evidência diz respeito a “ver e ouvir” com atenção a cidade, a segunda, “o patrimônio e a ordem subjacente”, trata de como o ambiente construído participa da comunicação e, a terceira, “o patrimônio e a subjetividade”, diz respeito ao envolvimento pessoal com os lugares da cidade. Ao final, as evidências elencadas são relacionadas entre si, mas tudo o que se espera é contribuir com futuras pesquisas – quem sabe, sobre a égide de uma ComunicaCidade.
Palavras-chave: São Paulo; Centro Histórico; Geografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-02-20

Como Citar

FORTUNATO, I. ComunicaCidade, ou como a cidade se comunica. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 208–223, 2019. DOI: 10.5216/ag.v13i1.52949. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/52949. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos