Cenas de Tradições na Chapada dos Veadeiros

conexões poéticas para o aprendizado cênico

Autores

  • Jonas Sales Universidade de Brasília, UNB, Brasília, Distrito Federal, Brasil, jonassales1@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v8i2.74363

Resumo

Este artigo propõe-se apontar expressividades das tradições presentes na região da Chapada dos Veadeiros no estado de Goiás, criando conexões reflexivas para o aprendizado estético-cênico no âmbito do espaço de ensino. A partir de projeto de pesquisa e extensão desenvolvida neste espaço geográfico, mostra-se um mapeamento de festejos, danças e encenações que refletem aspectos histórico-culturais reveladores de saberes fundamentais para a formação de discentes no ensino superior das artes cênicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Maria Geralda. Territórios de Quilombolas: pelos vãos e serras dos Kalungas de Goiás – patrimônio e biodiversidade de sujeitos do Cerrado. Revista Ateliê Geográfico –Edição especial nº 9. Goiânia, 2010.

ANTONACCI, Maria Antonieta. ÁFRICA/BRASIL: corpos, tempos e histórias silenciadas. Revista Florianópolis, v. 1, n. 1, jan/jun, 2009, p. 46 – 67.

BARBEIRO, Heródoto, CANTELE, Bruna e SCHNEEBERGER Carlos. História de olho no mundo do trabalho. In: Editora Scipione. Paraná, 2006.

SILVA JUNIOR, A. R. Festejo quilombola: o kalunga, o divino, o verso. In: Anais do IV ENECULT – Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, Salvador/BA, 2008a. Disponível em http://www.cult.ufba.br/enecult2008/14640.pdf

LONGO, Clerismar Aparecido. O cotidiano da mulher negra em casa grande & senzala. In: RASSI, Sarah Taleb. (Org) Negros na sociedade e na cultura brasileiras III. Goiânia: Editora da UCG, 2008, p. 47-63.

OLIVEIRA, Érico José. Do que o (de)colonial camufla nas artes cênicas. In: OLIVEIRA, Érico José (Org.) Artes Cênicas e Decolonialidade - Conceitos, Fundamentos, Pedagogias e Práticas. São Paulo: e-Manuscrito, 2022. p. 05-14.

NETO Francisco Antônio Nunes, ABID, Pedro Rodolpho Jungers. Ancestralidades e Memórias: Pluriepistemologias e Interculturalidade na Educação Básica. Rev. FSA, Teresina, v. 17, n. 10, art. 3, out. 2020. p. 43-58.

MINISTEÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Uma história do povo kalunga. Secretaria de Educação Fundamental - MEC; SEF, 2001.

ROBATTO, Lia, Dança em processo – a linguagem do indizível. Salvador: Centro editorial e didático da UFBA, 1994.

ROSENDAHL, Zeny. Espaço e religião: uma abordagem geográfica. 2ª edição. Rio de Janeiro: UERJ, NEPEC, 1996.

SAHLINS, Marshall. O "pessimismo sentimental" e a experiência etnográfica: por que a cultura não é um "objeto" em via de extinção (Parte I). Revista Mana – estudos de antropologia social. Museu Nacional, Rio de Janeiro, vol.3, 1997. p. 41-73.

Downloads

Publicado

2023-06-20

Como Citar

SALES, J. Cenas de Tradições na Chapada dos Veadeiros : conexões poéticas para o aprendizado cênico. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 8, n. 2, p. 174–209, 2023. DOI: 10.5216/ac.v8i2.74363. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/74363. Acesso em: 23 maio. 2024.