DANÇAS, POÉTICAS E OS SABERES CORPORIFICADOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v6i2.65093

Resumo

A narrativa poética de Lara Rodrigues Machado e Sebastião Silva oferece as leitoras e leitores histórias de experiências da vida e ou da cena que se desdobram por meio de encontros diversos em busca da construção comunitária de uma dança ao encontro permanente dos sentidos para a vida pautados nos saberes tradicionais de povos e culturas do Brasil. Por meio de trocas vividas com a proposta metodológica do Jogo da Construção Poética no âmbito das Universidades Federais do Rio Grande do Norte (UFRN), do Sul da Bahia (UFSB) e da Escola de Dança da UFBA apontamos para questionamentos significativos ao pensar, sentir e viver uma dança descentralizada, que propõe pesquisas em constantes transformações nascidas das vivencias, estudos e pensamentos críticos em contraponto à lógica de produção logocêntrica, meritocrática e subalternizante que caracteriza a ordem do modelo civilizacional vigente em grande parte do sistema educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sebastião Silva Sales, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

 Ator-brincante, professor e pesquisador das artes da cena. É intérprete-criador do espetáculo Saudades Z(é) que nasceu como resultado prático-cênico de sua pesquisa de mestrado intitulada "Saudades Z(é): metaforizando a construção do corpo brincante" realizada no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Teve participação no espetáculo Revoada do Arkhétypos Grupo de Teatro (UFRN), do Espetáculo Pérola da Cia. Pérola de Teatro e do Espetáculo Lá do Interior do Coletivo de Atores O de casa, ô de fora, no qual assume a função de diretor e ator do Coletivo. Sebastião Silva tem em sua formação uma proposta multidisciplinar; é pedagogo e literato em culturas do Rio Grande do Norte. Atualmente faz o doutorado em Dança na Universidade Federal da Bahia (UFBA), na qual, integra o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Contemporaneidade, Imaginário e Teatralidade (GIPE/UFBA). Tião Silva é um menino, um brincante que resolveu fazer da sua arte o seu sacerdócio, vivendo em constantes atravessamentos.

Lara Rodrigues Machado, Universidade Federal do Sul da Bahia, Porto Seguro, Bahia, Brasil.

Graduada em Dança (1994), com Mestrado (2001) e Doutorado (2008) em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas/SP (Unicamp). Professora Associada do Centro de Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Professora Colaboradora do Programa de Pós-graduação em Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora Colaboradora do Programa de Pós-graduação do Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Líder do Grupo Interinstitucional de Pesquisa “Corpo e Ancestralidade” (UFBA). Pesquisadora do Grupo de Pesquisa “Poéticas do Corpo e Saberes Populares” (UFSB). Mestra pela Escola Brasileira de Capoeira. Área de interesse e atuação nos temas dança, cultura, sociedade, arte e capoeira.

Referências

DOWBOR, Fátima Freire. Quem educa marca o corpo do outro. São Paulo: Cortez, 2008.

MACHADO, Lara Rodrigues. ANDRADE, Sara Maria de. (Org.). Danças no Jogo da Construção Poética. 1ª. ed. Natal: Jovens Escribas, 2017, 188p.

MACHADO, Lara., DOMENICI, Eloisa., RODRIGUES, Éder., (org.). Corpo, Poética e Ancestralidade. Salvador, v. 23, n. 42, p. 01-245, 11 mar. 2019. Semestral. Disponível em: http://www.ppgac.tea.ufba.br/wp-content/uploads/2019/09/cad_gipe_cit-42.pdf http://www.ppgac.tea.ufba.br/wp-content/uploads/2019/09/cad_gipe_cit-42.pdf. Acesso em: 14 ago. 2020.

RODRIGUES, Graziela Estela Fonseca. Bailarino-pesquisador-intérprete: processo de formação. Rio de Janeiro: FUNARTE, 1997.

SANTOS, Inaicyra F. dos. Corpo e ancestralidade: uma proposta pluricultural de dança arte e educação. São Paulo: Editora Terceira Margem, 2006.

SILVA de Oliveira, Luiz Henrique Reseña de "Becos da memória" de Conceição EVARISTO. Revista Estudos Feministas, vol. 17, núm. 2, maio-agosto, 2009, p. 621-623. Universidade Federal de Santa Catarina - Santa Catarina, Brasil.

SILVA, Sebastião de Sales. A ancestralidade do corpo: diálogo com os mestres. Revista Manzuá, vol. 3, núm. 1, 2020. p. 56-79. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas – UFRN/DEART/CCHLA.

______. Saudades Z(é): metaforizando a construção do corpo brincante. 2017. 100f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.

Downloads

Publicado

2020-12-26

Como Citar

SILVA SALES, S.; MACHADO, L. R. DANÇAS, POÉTICAS E OS SABERES CORPORIFICADOS. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 6, n. 2, p. 494–514, 2020. DOI: 10.5216/ac.v6i2.65093. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/65093. Acesso em: 21 maio. 2024.