Caixa de Pandora: imagem, espaço e tradução em redes de colaboração

Autores

  • Danilo Nazareno Azevedo Baraúna Universidade de São Paulo
  • Orlando Franco Maneschy Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v13i1.34145

Resumo

Buscamos identificar os mecanismos de expansão da fotografia e do vídeo em suas relações com o conteúdo literário nos trabalhos produzidos pioneiramente pelo grupo Caixa de Pandora no estado do Pará, Brasil. Constatamos a presença do que chamamos de Redes de Colaboração, interconectadas a partir dos seguintes Nós de Interação: 1) o processo de tradução do conteúdo literário, 2) a fotografia expandida, e 3) a espacialização da imagem.

Palavras-chave: processos de tradução, espacialização, redes de colaboração

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Nazareno Azevedo Baraúna, Universidade de São Paulo

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo com bolsa da Fundação de Amparo àPesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Especialista em Estudos Linguísticos e Análise Literária pelo Centro de Ciências Sociais e Educação  da Universidade do Estado do Pará. Bacharel e Licenciado em Artes Visuais pela Faculdade de Artes Visuais - Instituto de Ciências da Arte da Universidade Federal do Pará. Integra o grupo de pesquisa Bordas Diluídas: questões da escpacialidade e da visualidade na arte contemporânea (UFPA) e o Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre Arte, Ciência e Tecnologia.

Orlando Franco Maneschy, Universidade Federal do Pará

Orlando Maneschy é curador independente, artista e pesquisador. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. É professor na Universidade Federal do Pará, onde atua na graduação e pós-graduação. É curador da Coleção Amazoniana de Arte da UFPA. Faz parte de comitês, como da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas – ANPAP e tem participado de diversos júris, como: Marcantonio Vilaça CNI | SESI (2009-2010) e Circulação de Exposições, da Edição 2012 do Petrobras Cultural. Recebeu, dentre outros prêmios, a Bolsa Funarte de Estímulo à Produção Crítica em Artes (Programa de Bolsas 2008); o Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça / Prêmio Procultura de Estímulo às Artes Visuais 2010 da Funarte; o Prêmio Conexões Artes Visuais – MINC | Funarte | Petrobras 2012 e o edital de economia criativa do CNPq, como o projeto Acervo Videoarte Paraense: sistematização e análise Crítica, CNPq / SEC / MINC 2014. Vem desenvolvendo e participando de projetos de pesquisa, artísticos e curatoriais no país e exterior.

Referências

AUMONT, Jacques. A imagem. 13ª Ed. Campinas, SP: Papirus, 1993.

BELLOUR, Raymond. Entre-imagens: Foto, cinema, vídeo. Campinas, SP: Papirus,1997.

FERNANDES JUNIOR, Rubens Fernandes. A Fotografia Expandida. São Paulo: PUC, 2002. 275 p. Tese (Doutorado) – Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.

FLUSSER, Vilém. A filosofia da Caixa Preta. São Paulo: Editora Hucitec, 1985.

JAKOBSON, Roman. Linguística e Comunicação. São Paulo: Editora Cultrix, 2007.

LEAL, Cláudio De La Rocque. E a surpresa ganha forma: primando por jogos de luz e experimentações, o trabalho do grupo Caixa de Pandora vai ser exposto em Curitiba. Belém – Pará. Caderno Cartaz. Jornal O Liberal. 23 de abril de 1996..

MUSSO, Pierre. A filosofia da rede. In: PARENTE, André (org). Tramas da Rede. 1ª ed. Porto Alegre: Editora Sulina, 2004.

MOKARZEL, Marisa. Caixa de Pandora: deslocamentos, novas linguagens e práticas na fotografia paraense dos anos 1990. Texto da palestra proferida em 10/10/2008 no III Seminário Arte, Cultura e Fotografia: Metodologias de investigação. Arte como fotografia/fotografia como arte no MAC-USP.

PARENTE, André. Cinema em trânsito: do dispositivo do cinema ao cinema do dispositivo. In: PENAFRIA, Manuela; MARTINS, Índia Mara (orgs.). Estéticas do Digital: cinema e tecnologia. Labcom, 2007.

PLAZA, Julio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva / Brasília: CNPq, 1987.

SALLES, Cecília Almeida. Redes da criação: Construção da obra de arte. 2 ed. São Paulo: Editora Horizonte, 2006.

SANT’ANNA, Afonso Romano de. Paródia, paráfrase & Cia. 3ª ed. São Paulo: Ática, 1988.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

BARAÚNA, D. N. A.; MANESCHY, O. F. Caixa de Pandora: imagem, espaço e tradução em redes de colaboração. Visualidades, Goiânia, v. 13, n. 1, 2015. DOI: 10.5216/vis.v13i1.34145. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/34145. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos