PERCEPÇÕES POPULARES E PLURALISMO OPINATIVO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA

Autores

  • Lidianne Salvatierra Universidade Federal de Tocantins

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v9i1.56331

Palavras-chave:

Educação Brasileira, Pensamento Crítico, Atitudes, Formação Educacional

Resumo

Frequentemente é discutida a atual função da escola e sua relevância na vida do individuo. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi conhecer e analisar as percepções populares e o pluralismo de opiniões sobre a importância da escola. Os resultados de 196 participantes envolveram 189 atitudes positivas, 4 negativas e 3 ambivalentes. As atitudes positivas foram agrupadas em nove categorias envolvendo a: a) importância para o progresso e desenvolvimento, b) como transformadora de realidade; c) obtenção de conhecimento básico; d) formação do cidadão; e) promoção de interações sociais; f) importância para o mercado de trabalho; g) importância para o acesso ao ensino superior; h) formadora de pensamento crítico; e i) formadora de pensamento reflexivo. Os resultados evidenciaram que as opiniões amostradas apresentam semelhanças com as pesquisas e debates atuais e reafirmam que a participação popular na gestão democrática-política da escola pode favorecer a construção unificada de uma educação de qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

SALVATIERRA, L. PERCEPÇÕES POPULARES E PLURALISMO OPINATIVO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 59–79, 2019. DOI: 10.5216/teri.v9i1.56331. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/56331. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS