AUTOFORMAÇÃO DOCENTE

ATRAVESSAMENTOS TRANSDISCIPLINARES

Autores

  • Clarissa Moura Quintanilha UERJ-FFP

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v9i1.52610

Palavras-chave:

Transdisciplinaridade. Formação docente transdisciplinar. Autoformação.

Resumo

Na virada do milênio, a discussão sobre outro modelo educacional foi colocada em pauta. O contexto educacional mundial vem se questionando desde então sobre a atual educação fragmentada, excludente, com currículo compartimentado e organizado em uma suposta sequência lógica. Entendemos que a formação transdisciplinar docente deve contemplar um processo tripolar: a autoformação, a heteroformação e a ecoformação. Este artigo concentrou-se na discussão teórica-metodológica do processo autoformativo docente. Apostamos em uma construção que possa favorecer a busca por uma formação docente transdisciplinar, com foco na autoformação, no processo subjetivo, interno, reflexivo e construtor da autonomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarissa Moura Quintanilha, UERJ-FFP

Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Educação: Processos Formativos e Desigualdades Sociais (FFP/UERJ). Possui graduação em licenciatura plena em Pedagogia pela Universidade do Estado Rio de Janeiro- Faculdade de Formação de Professores- UERJ/FFP RJ (2011), com especialização no campo da Arteterapia e Expressões Criativas pela Faculdade das Ciências e da Saúde de São Paulo- FACIS IBEHE SP (2013). Estudante do curso de especialização em Psicopedagogia: um outro olhar sobre as diferenças pela Faculdades Integradas Maria Thereza- FAMATH RJ, do curso de graduação em Psicologia pela mesma faculdade e do curso de Filosofia (bacharelado e licenciatura) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro- UERJ. Também está em formação em Terapia de Casal e Família ministrada pelo Centro de Atendimento e Aperfeiçoamento em Psicologia- CAAPSY. Atualmente atua como bolsista de produtividade da CAPES na área de concentração: Formação de Professores, História, Memória e Práticas Educativas. Pesquisa o campo da Educação, dialogondo com a psicologia analítica, a teoria da complexidade, a (auto) biografia, a formação inter e transdisciplinar do professor. É membro dos Grupos de pesquisa: "Formação de Professores, Processos e Práticas Educativas", coordenado por Helena Amaral Fontoura da FFP/UERJ e "Cultura, Subjetividade, Linguagem e Educação" coordenado por Maria Lucia de Abrantes Fortuna da FFP/UERJ.

Downloads

Publicado

2019-09-06

Como Citar

QUINTANILHA, C. M. AUTOFORMAÇÃO DOCENTE: ATRAVESSAMENTOS TRANSDISCIPLINARES. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 07–15, 2019. DOI: 10.5216/teri.v9i1.52610. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/52610. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS