Levantamento Das Espécies Arbóreas Exóticas E Conscientização Ambiental Numa Escola Em Catolé Do Rocha – PB

Autores

  • Lunara de Sousa Alves Universidade Federal da Paraíba
  • Mario Leno Martins Véras
  • Toni Halan da Silva Irineu
  • José Sebastião de Melo Filho
  • Thiago Jardelino Dias

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v7i1.43635

Resumo

Quantidades de árvores são importantes na paisagem ambiental, desempenhando várias funções na redução e poluição e ameniza os fatores edafoclimáticos. Por isso é necessário obter uma escola bem arborizada, o que não acontece na maioria das escolas. Nesse sentido, objetivou-se com esta pesquisa quantificar as espécies arbóreas exóticas como também conscientizar toda a comunidade escolar acerca dos problemas relacionados à arborização na Escola Estadual João Suassuna no município de Catolé do Rocha – PB. A pesquisa foi realizada de Julho a Agosto de 2013 e foi dividida em duas etapas: a primeira foi verificar se há algum problema fitossanitário com as árvores como também a quantificação. Já a etapa qualitativa abordou assuntos referentes à educação ambiental. Nisso foi elaborado uma atividade de pesquisa com os alunos, em que estes procuraram em revistas, livros e internet textos e imagens abordando algo sobre a arborização. Observou-se que a escola é arborizada com plantas exóticas. O trabalho de educação ambiental feito na referida escola proporcionou em grande medida bons resultados, principalmente quando os alunos participaram ativamente no levantamento quantitativo das árvores e na confecção de cartazes de conscientização. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-11

Como Citar

ALVES, L. de S.; VÉRAS, M. L. M.; IRINEU, T. H. da S.; MELO FILHO, J. S. de; DIAS, T. J. Levantamento Das Espécies Arbóreas Exóticas E Conscientização Ambiental Numa Escola Em Catolé Do Rocha – PB. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 43–50, 2017. DOI: 10.5216/teri.v7i1.43635. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/43635. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS