“ESTOU A MUDAR, ESTOU SENDO OUTRA PESSOA”: A IDENTIDADE DOS ESTUDANTES GUINEENSES EM SEU PROCESSO EDUCATIVO NA UNILAB EM REDENÇÃO/CE.

Autores

  • Maria Marluce Teixeira Colégio Christus
  • Deyseane Maria Araújo Lima Centro Universitário Estácio do Ceará e Faculdade Maurício de Nassau

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v6i1.41128

Palavras-chave:

Processo educativo, Identidade, Psicologia Social Crítica.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo investigar as transformações da identidade dos estudantes guineenses em relação ao seu processo educativo na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), com base na Psicologia Social Crítica. A UNILAB fica localizada em Redenção à 55 km de Fortaleza-CE. A pesquisa foi de abordagem qualitativa. Os registros foram feitos a partir de entrevista semiestruturada e círculo de cultura. Tendo como fundamentação teórica a Educação Libertadora de Paulo Freire e a Identidade na Psicologia Social Crítica. Participaram da pesquisa cinco estudantes de Guiné-Bissau, dois homens e três mulheres, cujas idades variavam entre 21 a 28 anos. Os guineenses, contaram um pouco da história de vida e expressaram que já estão adquirindo uma nova identidade, através dos estudos recebidos pela UNILAB, das novas perspectivas que, com o passar dos dias, vêm tornando-se presente. A pesquisa foi de grande relevância para a Psicologia Social Crítica por possibilitar uma compreensão da identidade na relação entre sujeito e sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Marluce Teixeira, Colégio Christus

Formada em Estudos Sociais, pela UECE, fiz Pedagogia pela UVA,fiz especialização em Arte e Educação pela UECE e também Psicologia Social e Comunitária pela Fatece. Atuo como coordenadora pedagógica no Colégio Christus.

Deyseane Maria Araújo Lima, Centro Universitário Estácio do Ceará e Faculdade Maurício de Nassau

Psicóloga. Formação em Arteterapia pelo Instituto Aquilae. Formação em Gestalt-Terapia com crianças e adolescentes pelo Centro Gestáltico de Fortaleza. Formação em Gestalt-Terapia pelo Centro Gestáltico de Fortaleza. É membro do Instituto de Psicologia Humanista e Fenomenológica do Ceará (IPhe-CE).

Especialista em Educação Inclusiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Educação a Distância pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC/CE).

Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora da graduação e pós-graduação em Psicologia.

Psicoterapeuta que trabalha com o aporte teórico-metodológico da Gestalt-Terapia com crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Supervisora de estágio e de atuação profissional em Psicologia Clínica, Psicologia Social e Psicologia Escolar.

 

Downloads

Publicado

2017-05-20

Como Citar

TEIXEIRA, M. M.; MARIA ARAÚJO LIMA, D. “ESTOU A MUDAR, ESTOU SENDO OUTRA PESSOA”: A IDENTIDADE DOS ESTUDANTES GUINEENSES EM SEU PROCESSO EDUCATIVO NA UNILAB EM REDENÇÃO/CE. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 75–86, 2017. DOI: 10.5216/teri.v6i1.41128. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/41128. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS