CRUZAMENTO DO SOCIAL E DO AMBIENTAL NA “CONSTRUÇÃO” DE CHICO BUARQUE

Autores

  • Marco Pais Neves dos Santos Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da Construção, I.P. (IMPIC, I.P.). Lisboa, Portugal. Email: marco.santos@impic.pt

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v6i1.39711

Palavras-chave:

Poder Político, Equilíbrio Social, Música de Intervenção.

Resumo

A música “Construção” de Chico Buarque, editada pela Polygram em 1971, em São Paulo, difundiu habilmente a ausência de escrúpulos e a falta de dignidade a que era votado o ser humano dentro do seu próprio Estado, tendo ficado conhecida como uma bandeira de luta política contra a Ditadura Militar no Brasil. No entanto, sem ignorar o facto político, procuramos neste ensaio dilatar as possibilidades de compreensão do texto, analisando-o na perspetiva das questões ambientais e da ecologização das relações sociais. Mostramos que se trata de uma música que utiliza símbolos sonoros polissémicos e plurivalentes, comportando portanto uma linguagem rica em significações e conotações, que permite fazer uma interpretação das questões sociais da época, conotando-as com as questões ambientais e de ecologização das relações sociais atuais, porque apresentam o mesmo nível de significância. Concluímos que, mesmo ao fim de 40 anos, a letra conserva toda a sua atualidade e tem conotações diretas com questões prementes da sociedade atual, onde se procura a construção de uma mudança rumo à sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Pais Neves dos Santos, Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da Construção, I.P. (IMPIC, I.P.). Lisboa, Portugal. Email: marco.santos@impic.pt

Licenciatura em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Licenciatura em Geografia e Planeamento Regional pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Cidadania Ambiental e Participação pelo Departamento de Ciências e Tecnologia da Universidade Aberta. Doutorando em Sustentabilidade Social e Desenvolvimento na Universidade Aberta de Portugal. Técnico Superior na Direção de Licenciamento e Qualificação do Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da Construção, I.P. (IMPIC, I.P.).

Downloads

Publicado

2017-05-20

Como Citar

PAIS NEVES DOS SANTOS, M. CRUZAMENTO DO SOCIAL E DO AMBIENTAL NA “CONSTRUÇÃO” DE CHICO BUARQUE. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 43–56, 2017. DOI: 10.5216/teri.v6i1.39711. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/39711. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS