PRODUÇÃO AGROECONÔMICA DA RÚCULA FERTILIZADA COM DIFERENTES QUANTIDADES DE Calotropis Procera. DOI: 10.5216/teri.v5i2.38791

Autores

  • Kássya Jemima Borges de OLIVEIRA Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestre em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.
  • Jailma Suerda Silva de LIMA Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professora Adjunto III da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Departamento de Ciências Vegetais.
  • Ana Paula da Silva SOARES Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Graduanda em Agronomia. Departamento de Ciências Vegetais.
  • Francisco BEZERRA NETO Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professor Titular da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Departamento de Ciências Vegetais.
  • Paulo Cássio Alves LINHARES Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestrando em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v5i2.38791

Palavras-chave:

Eruca sativa L., adubos orgânicos, indicadores econômicos

Resumo

O uso de adubos orgânicos originados de espécies espontâneas da Caatinga é uma alternativa que pode proporcionar uma boa eficiência agrícola e econômica na produção de hortaliças. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho agroeconômico da rúcula em função de diferentes quantidades de Calotropis procera incorporadas ao solo. A pesquisa foi conduzida no período de janeiro a fevereiro de 2014 na Fazenda Experimental Rafael Fernandes, Mossoró-RN. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos casualizados, com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos consistiram de cinco quantidades de C. procera incorporadas ao solo (30, 40, 50, 60 e 70 t ha-1 em base seca). As características avaliadas foram: altura de plantas, números de folhas por planta, rendimento de massa verde e massa seca da parte aérea. Além disso, os indicadores econômicos de renda bruta; renda líquida; taxa de retorno e índice de lucratividade foram determinados. A incorporação ao solo de C. procera influenciou positivamente o desempenho produtivo da rúcula, onde a quantidade de 70 t ha-1 produziu maior rendimento (18,86 t ha-1), demonstrando a facilidade dessa planta como adubo orgânico para a produção sustentável desse cultivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kássya Jemima Borges de OLIVEIRA, Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestre em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.

Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestre em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.  kassyajemima@gmail.com

Jailma Suerda Silva de LIMA, Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professora Adjunto III da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Departamento de Ciências Vegetais.

Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professora Adjunto III da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Departamento de Ciências Vegetais. jailmaagro@gmail.com

Ana Paula da Silva SOARES, Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Graduanda em Agronomia. Departamento de Ciências Vegetais.

Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Graduanda em Agronomia. Departamento de Ciências Vegetais. cantoraanapaulasoares@hotmail.com

Francisco BEZERRA NETO, Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professor Titular da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Departamento de Ciências Vegetais.

Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Professor Titular da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).  Departamento de Ciências Vegetais.  bezerra@ufersa.edu.br

Paulo Cássio Alves LINHARES, Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestrando em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.

Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Mestrando em Fitotecnia.  Departamento de Ciências Vegetais.  paulo_linhares2011@hotmail.com

Downloads

Publicado

2015-11-30

Como Citar

OLIVEIRA, K. J. B. de; LIMA, J. S. S. de; SOARES, A. P. da S.; BEZERRA NETO, F.; LINHARES, P. C. A. PRODUÇÃO AGROECONÔMICA DA RÚCULA FERTILIZADA COM DIFERENTES QUANTIDADES DE Calotropis Procera. DOI: 10.5216/teri.v5i2.38791. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 5, n. 2, p. 373–384, 2015. DOI: 10.5216/teri.v5i2.38791. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/38791. Acesso em: 13 jul. 2024.