A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA, ALUNO, ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TODO O PROCESSO EDUCACIONAL NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR - DOI: 10.5216/teri.v4i2.35258

Autores

  • Paulo Cássio Alves LINHARES Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.
  • Toni Halan da Silva IRINEU Universidade Federal da Paraíba – UFPB.
  • Josimar Nogueora da SILVA Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.
  • Janailson Pereira de FIGUEREDO Agronomia. Universidade Federal da Paraíba – UFPB.
  • Thiago Pereira de SOUSA Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v4i2.35258

Palavras-chave:

escola, sala de aula, aluno, estágio, educação.

Resumo

O Estágio Supervisionado é o primeiro contato que o aluno-professor tem com seu futuro campo de atuação. Com isto, esse trabalho visa relatar qual a importância da escola, aluno, professor, o estágio supervisionado e todo o processo educacional na formação inicial do professor. A escola tem a função de acolher as camadas populares, da mais pobre a mais rica, e difundir o conhecimento. A relação professor-aluno é uma condição do processo de aprendizagem, pois essa relação dinamiza e dá sentido ao processo educativo. O aluno vai percebendo que ele também é autor da história, visto que, de posse da compreensão do conhecimento, passa a entender melhor a sua realidade. O professor deve ter um papel de facilitador do processo de ensino aprendizagem junto ao aluno. Conclui-se que houve mudança no papel do professor e também do aluno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Cássio Alves LINHARES, Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.

Mestrando em Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.  Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.  paulo_linhares2011@hotmail.com

Toni Halan da Silva IRINEU, Universidade Federal da Paraíba – UFPB.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB.

Josimar Nogueora da SILVA, Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.

Mestrando em Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.  Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.   josimar2160@hotmail.com

Janailson Pereira de FIGUEREDO, Agronomia. Universidade Federal da Paraíba – UFPB.

Mestrando em Agronomia.  Universidade Federal da Paraíba – UFPB.  janailsondfigueredo@hotmail.com

Thiago Pereira de SOUSA, Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.

Mestrando em Fitotecnia. Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. Departamento de Ciências Vegetais.  Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA.   tiagojd2009@hotmail.com

Downloads

Publicado

2014-12-30

Como Citar

LINHARES, P. C. A.; IRINEU, T. H. da S.; SILVA, J. N. da; FIGUEREDO, J. P. de; SOUSA, T. P. de. A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA, ALUNO, ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TODO O PROCESSO EDUCACIONAL NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR - DOI: 10.5216/teri.v4i2.35258. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 4, n. 2, p. 115–127, 2014. DOI: 10.5216/teri.v4i2.35258. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/35258. Acesso em: 11 ago. 2022.