ARBORIZAÇÃO COM PLANTAS FRUTÍFERAS EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL. - DOI: 10.5216/teri.v4i1.34009

Autores

  • Mário Leno Martins VÉRAS Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV
  • Lunara de Sousa ALVES Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV
  • Danila Lima de ARAÚJO Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
  • José Sebastião de MELO FILHO Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil.
  • Raimundo ANDRADE Departamento de Agrárias e Exatas, Doutorado em Recursos Naturais, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v4i1.34009

Palavras-chave:

Educação ambiental, Conscientização, Plantas frutíferas, Agroecologia

Resumo

A educação ambiental consiste no incentivo à preservação dos recursos naturais contribuindo para a sustentabilidade. Neste contexto, a agricultura orgânica que vem crescendo mundialmente e isso consequentemente tem proporcionado vários benefícios ao meio ambiente. Objetivou-se produzir mudas de espécies arbóreas frutíferas numa escola pública do ensino fundamental no município de Catolé do Rocha - PB, no intuito de arborizar e combater a desertificação e extinção de plantas, além de expandir a conscientização educativa e ambiental. A pesquisa foi realizada na Escola Estadual do Ensino Fundamental João Suassuna no município de Catolé do Rocha – PB. Foram produzidas mudas de plantas frutíferas com os alunos da referida escola utilizando o substrato (húmus de minhoca + solo) ambos na mesma dosagem e o material utilizado como recipiente para as mudas foram garrafas pet. As plantas frutíferas produzidas foram: aceroleira, tamarindeiro, goiabeira, limoeiro, cajueiro e coqueiro, quantificando 31 plantas. A rearborização é um processo que exige planejamento, uma vez que, não se pode produzir mudas de espécies de clima diferente onde estas não se adaptam ao clima regional, por isso, é de fundamental importância fazer o levantamento das espécies que precisam ser replantadas e substituídas para que em segundo lugar se faça a rearborização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mário Leno Martins VÉRAS, Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV

Graduando em Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV – CEP 58884-000 - Catolé do Rocha – Paraíba – Brasil. mario.deus1992@bol.com.br

Lunara de Sousa ALVES, Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV

Estudante de Graduação em Ciências Agrárias, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV – CEP 58884-000 - Catolé do Rocha – Paraíba – Brasil. lunara_alvesuepb@hotmail.com

Danila Lima de ARAÚJO, Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Mestre em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Campina Grande – Campina Grande – Brasil. danilalimaraujo@hotmail.com

José Sebastião de MELO FILHO, Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil.

Mestre em Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil. josesebastiaouepb@yahoo.com.br

Raimundo ANDRADE, Departamento de Agrárias e Exatas, Doutorado em Recursos Naturais, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV

Prof. Dr. do Departamento de Agrárias e Exatas, Doutorado em Recursos Naturais, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV – CEP 58884-000 - Catolé do Rocha – Paraíba – Brasil. raimundoandrade@uepb.edu.br

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

VÉRAS, M. L. M.; ALVES, L. de S.; ARAÚJO, D. L. de; MELO FILHO, J. S. de; ANDRADE, R. ARBORIZAÇÃO COM PLANTAS FRUTÍFERAS EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL. - DOI: 10.5216/teri.v4i1.34009. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 4, n. 1, p. 135–143, 2014. DOI: 10.5216/teri.v4i1.34009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/34009. Acesso em: 19 maio. 2024.