“TODO ESTRANGEIRO PARA BRASILEIRO É CUBANO? ”: IDENTIDADE DE MÉDICAS DE CABO VERDE EM CUBA E NO BRASIL. - DOI: 10.5216/teri.v4i1.34004

Autores

  • Dirce Helene dos Santos SEQUEIRA Faculdade de Tecnologia Intensiva, Fortaleza-Ceará
  • Deyseane Maria Araújo LIMA Educação- Universidade Federal do Ceará - UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v4i1.34004

Palavras-chave:

Psicologia Social Crítica, Identidade, Medicina

Resumo

O objetivo dessa pesquisa é compreender a constituição da identidade das médicas cabo-verdianas que fizeram a graduação em Cuba e estão fazendo a residência médica em Fortaleza na perspectiva da Psicologia Social Critica. A metodologia foi baseada na abordagem qualitativa e na pesquisa de campo. Participaram desse estudo duas médicas de Cabo Verde que estão fazendo a residência médica em Fortaleza. As técnicas utilizadas foram à observação participante e entrevista semi-estruturada. As entrevistas foram realizadas em crioulo cabo-verdiano e traduzidas para o português. Para a análise dos dados foi utilizado à análise de conteúdo proposto por Bardim e por Minayo. Cabo Verde é um país que fica localizado na costa ocidental africana. Cuba é um país que situa no Mar do Caribe. Os resultados mostraram que as entrevistadas estabelecem relações com indivíduos de diversas nacionalidades e isso conduz a transformação e a construção de uma nova identidade. Nessas relações surgem várias personagens, que leva a identidade pressuposta e re-posta de acordo com o meio social onde elas estão inseridas. Conclui-se que o estudo contribuiu para aprofundar os estudos sobre a identidade na Psicologia Social Crítica e ainda destaca a importância dessa pesquisa ser realizada por outros cursos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dirce Helene dos Santos SEQUEIRA, Faculdade de Tecnologia Intensiva, Fortaleza-Ceará

Graduada em Psicologia/UFC. Especialista em Psicologia Social e Comunitária e Social. Faculdade de Tecnologia Intensiva, Fortaleza-Ceará, Brasil.  E-mail: sequeiradirce@yahoo.com.br

Deyseane Maria Araújo LIMA, Educação- Universidade Federal do Ceará - UFG

Psicóloga. Especialista em Educação a Distância e em Educação Inclusiva. Mestre em Psicologia. Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Ceará. Integrante do NUCEPEC/UFC. Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza-Ceará, Brasil.  E-mail: deyseanelima@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

SEQUEIRA, D. H. dos S.; LIMA, D. M. A. “TODO ESTRANGEIRO PARA BRASILEIRO É CUBANO? ”: IDENTIDADE DE MÉDICAS DE CABO VERDE EM CUBA E NO BRASIL. - DOI: 10.5216/teri.v4i1.34004. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 4, n. 1, p. 116–134, 2014. DOI: 10.5216/teri.v4i1.34004. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/34004. Acesso em: 27 fev. 2024.