A VIRADA LINGUÍSTICA E O CONTEXTUALISMO LINGUÍSTICO: CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS PARA SE PENSAR A HISTÓRIA INTELECTUAL

Autores

  • Antonio Vinícius Lomeu Teixeira Barroso Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Palavras-chave:

Virada Linguística, Contextualismo Linguístico, Teoria da História, História Intelectual, Historiografia Brasileira.

Resumo

O presente artigo busca compreender como as reflexões epistemológicas da chamada “virada linguística” foram apropriadas, no campo da historiografia, pelo viés do contextualismo linguístico, através das proposições teóricas da Escola de Cambridge considerando, principalmente, as contribuições de John Pocock para a escrita da história intelectual. Tentaremos compreender também, brevemente, a recepção dessas teorias do campo linguístico na historiografia brasileira.

Downloads

Publicado

29-12-2015

Como Citar

Barroso, A. V. L. T. (2015). A VIRADA LINGUÍSTICA E O CONTEXTUALISMO LINGUÍSTICO: CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS PARA SE PENSAR A HISTÓRIA INTELECTUAL. Rth |, 14(2), 170–182. Recuperado de https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/39253

Edição

Seção

Artigos livres