CAMINHOS DA “VIRADA LINGUÍSTICA” EM HAYDEN WHITE E FRANK ANKERSMIT PARA O ESTUDO DE PEÇAS ESPANHOLAS IMPRESSAS DO SÉCULO XVII

Autores

  • Karenina do Nascimento Rodrigues Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Palavras-chave:

Virada linguística, narrativa histórica, peças espanholas impressas, Antigo Regime, dobras.

Resumo

O objetivo deste artigo é assinalar algumas contribuições de teóricos que podem ser relacionados com a “Virada Linguística”, em especial Hayden White e Frank Ankersmit, para o estudo de peças espanholas impressas do século XVII. Busca-se oferecer com tal reflexão teórica uma perspectiva acerca do texto teatral que não esteja ancorada numa visão reflexiológica das relações de poder, valores sociais e ethos do Antigo Regime, mas que aponte para uma margem de negociação cultural e social com essa estrutura de poder

Downloads

Publicado

29-12-2015

Como Citar

Rodrigues, K. do N. (2015). CAMINHOS DA “VIRADA LINGUÍSTICA” EM HAYDEN WHITE E FRANK ANKERSMIT PARA O ESTUDO DE PEÇAS ESPANHOLAS IMPRESSAS DO SÉCULO XVII. Rth |, 14(2), 157–169. Recuperado de https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/39252

Edição

Seção

Artigos livres