AS TRANSFORMAÇÕES NA HISTORIOGRAFIA DA ESCRAVIDÃO ENTRE OS ANOS DE 1970 E 1980: UMA REFLEXÃO TEÓRICA SOBRE POSSIBILIDADES DE ABORDAGEM DO TEMA

Autores

  • Roberto Manoel Andreoni Adolfo UNESP/Assis

Palavras-chave:

teoria, historiografia, escravidão, Jacob Gorender, Sidney Chalhoub

Resumo

O presente artigo busca construir uma reflexão teórica sobre possíveiselementos de afastamento e de aproximação entre a produção historiográfica daescravidão nos anos 1970 e 1980, como também procura esboçar um caminho deaprofundamento do tema e sugerir algumas problemáticas. Para realizar tal tarefa aestrutura deste texto é marcada por três etapas: uma demonstração de como doisautores, Sidney Chalhoub e Suely Robles Reis de Queiróz, abordaram o tema; umaapresentação de outros elementos possíveis de análise, como sugestão de maioraprofundamento do estudo do objeto; e, por último, uma exposição de duas obrasespecíficas, uma inserida dentro do paradigma historiográfico dos anos 70 e outra dosanos 80 – respectivamente O Escravismo Colonial (1978) de Jacob Gorender e Visões daliberdade (1990) de Sidney Chalhoub – objetivando atestar a aplicabilidade dosargumento apresentado ao longo do artigo.

Downloads

Publicado

2014-06-04

Como Citar

ADOLFO, R. M. A. AS TRANSFORMAÇÕES NA HISTORIOGRAFIA DA ESCRAVIDÃO ENTRE OS ANOS DE 1970 E 1980: UMA REFLEXÃO TEÓRICA SOBRE POSSIBILIDADES DE ABORDAGEM DO TEMA. Revista de Teoria da História, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 110–125, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/30165. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Cartografias da história da historiografia brasileira