DA REVOLUÇÃO, A MODERNIDADE E O PROGRESSO: A EMERGÊNCIA DA FILOSOFIA DA HISTÓRIA EM KANT, HEGEL E MARX

Autores

  • Ruben Maciel Franklin

Palavras-chave:

Filosofia da história, História dos conceitos

Resumo

Este artigo procura analisar, através do desenvolvimento dos conceitos de revolução, modernidade e progresso, a emergência da filosofia da História em Kant e Hegel, fazendo,por último, um contraponto da mesma com o materialismo histórico de Karl Marx. Com a leitura dos críticos da modernização do final do século XVIII e início do XIX (Goethe e Baudelaire), adentramos ainda a construção do moderno conceito de História, observando a associação deste com a novidade e o aperfeiçoamento advindo do movimento revolucionário francês de 1789.

Downloads

Como Citar

FRANKLIN, R. M. DA REVOLUÇÃO, A MODERNIDADE E O PROGRESSO: A EMERGÊNCIA DA FILOSOFIA DA HISTÓRIA EM KANT, HEGEL E MARX. rth |, Goiânia, v. 6, n. 2, p. 203–229, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/28984. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Pensamento histórico: teorias, métodos, conceitos