O FINGIR HISTORIOGRÁFICO: A ESCRITA DA HISTÓRIA ENTRE A CIÊNCIA E A FICÇÃO.

Autores

  • Warley Alves Gomes Mestrando em História na Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG.

Palavras-chave:

historiografia, ciência, ficção.

Resumo

O objetivo deste artigo é abordar a produção historiográfica pensando seus diálogos com a ciência e a ficção. Para tanto, analisaremos não só a teoria do campo historiográfico, mas também do próprio campo do ficcional, na tentativa de estabelecer um diálogo mais amplo que o de costume entre estas duas esferas da cultura, sem, no entanto, dissolver uma na outra. Em um último momento, veremos até que ponto a operação historiográfica está penetrada pelo campo do ficcional, quando apresentamos o conceito do fingir historiográfico.

Downloads

Como Citar

GOMES, W. A. O FINGIR HISTORIOGRÁFICO: A ESCRITA DA HISTÓRIA ENTRE A CIÊNCIA E A FICÇÃO. rth |, Goiânia, v. 6, n. 2, p. 65–91, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/28977. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Pensamento histórico: teorias, métodos, conceitos