ARTICULAR CERTEAU, BOURDIEU E FOUCAULT PARA UMA CRÍTICA AO CONCEITO DE “INDÚSTRIA CULTURAL”: CONSUMO E PODER

Autores

  • João Rodolfo Munhoz Ohara

Palavras-chave:

indústria cultural, relações de poder, consumo

Resumo

Cunhado em meados do século XX, o conceito de “indústria cultural” se impôs comoreferencial obrigatório aos estudos que se debruçassem sobre a produção edisseminação em massa de objetos culturais; desde então, muito se falou nas ciênciashumanas a respeito do consumo massificado e do caráter ideológico de tais produtos.Este trabalho parte de uma área particular – a historiografia, ou mais especificamente ateoria da história – para discutir os problemas do que se tornou um modelointerpretativo a priori para a história cultural do século XX, instrumentalizando ospensamentos de Michel de Certeau, Pierre Bourdieu e Michel Foucault.

Downloads

Como Citar

Ohara, J. R. M. (2014). ARTICULAR CERTEAU, BOURDIEU E FOUCAULT PARA UMA CRÍTICA AO CONCEITO DE “INDÚSTRIA CULTURAL”: CONSUMO E PODER. Rth |, 8(2), 65–77. Recuperado de https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/28953

Edição

Seção

Artigos livres