Da Gênese do Campo Historiográfico: Erudição e Pragmatismo nas Associações Literárias dos Séculos XVIII e XIX

Autores

  • Fabiana Dias Mestre em História – PPGH UERJ

Palavras-chave:

Antiquariado, Academicismo, Historicismo, IHGB

Resumo

O presente artigo tem como objetivo lançar luz sobre as nuances que compuseram as letras setecentistas e oitocentistas no Brasil, centrando o debate nas perspectivas antiquaria e moderna da história. Para tanto, são tomadas como escopo algumas associações literárias européias, como o Instituto Histórico de Paris e a Academia Real da História, bem como expoentes da produção intelectual coletiva do Brasil, tal qual a Academia Brasílica dos Esquecidos, a Academia dos Renascidos e o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.

Downloads

Como Citar

DIAS, F. Da Gênese do Campo Historiográfico: Erudição e Pragmatismo nas Associações Literárias dos Séculos XVIII e XIX. Revista de Teoria da História, Goiânia, v. 4, n. 2, p. 18–33, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teoria/article/view/28936. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Cartografias da história da historiografia brasileira