A produtividade do léxico Tupinambá no português do Brasil

Autores

  • Laércio Nora Bacelar
  • Marcos Lúcio de Sousa Góis

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v9i1.7395

Resumo

Considerando-se que uma das características marcantes da língua portuguesa no Brasil é o significativo substrato tupi, este trabalho objetiva tecer algumas considera­ções sobre a produtividade do léxico de origem tupinambá, sobretudo em vocábulos compostos e derivados morfologicamente híbridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-11

Como Citar

BACELAR, L. N.; GÓIS, M. L. de S. A produtividade do léxico Tupinambá no português do Brasil. Signótica, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 105–118, 2009. DOI: 10.5216/sig.v9i1.7395. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/7395. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo