SPIX e Martius: dois naturalistas na baía

Autores

  • Alfredo Cordiviola

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v9i1.7388

Resumo

"Spix e Martius: dois naturalistas na baía" centra-se na obra Viagem pelo Brasil
1817-1820, escrita pelos naturalistas bávaros Johann Spix e Karl Von Martius, e
publicada em 1823. O ensaio tenta analisar as percepções do mundo natural, e da
natureza brasileira em particular, elaboradas pelos "viajantes ilustrados" que visitam
o país e catalogam seus recursos durante a primeira metade do século XIX, numa época
em que a natureza local, vedada até 1808 pelas restrições impostas pela Coroa
portuguesa, toma-se outra vez acessível ao olhar do especialista estrangeiro.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-11

Como Citar

CORDIVIOLA, A. SPIX e Martius: dois naturalistas na baía. Signótica, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 11–20, 2009. DOI: 10.5216/sig.v9i1.7388. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/7388. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo