Discurso, humor e resistência à racionalidade neoliberal em tiras da série “Meritogatinhas”, de Helô D’Angelo

Autores

  • Francisco Vieira da Silva Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Caraúbas, Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: francisco.vieiras@ufersa.edu.br https://orcid.org/0000-0003-4922-8826

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v34.72454

Palavras-chave:

Discurso. Humor. Racionalidade neoliberal. Resistência.

Resumo

O artigo analisa quatro tiras da série “Meritogatinhas”, de autoria de Helô D’Angelo, ilustradora e quadrinista de São Paulo, que foram publicadas no perfil dessa artista no Instagram, no decurso do ano de 2021. O objetivo do estudo consiste em analisar como o discurso humorístico manifestado nas tiras configura-se como uma forma de resistência frente à racionalidade neoliberal, pois questiona determinadas práticas relativas à meritocracia. Sobre a metodologia, convém frisar que se trata de um trabalho descritivo-interpretativo de viés qualitativo. As análises possibilitam constatar posicionamentos de crítica à meritocracia que, por meio do humor, buscam desconstruir certas verdades do regime neoliberal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, Inês Lacerda. Formação discursiva como conceito chave para a arquegenealogia de Foucault. In: BARONAS, Roberto Leiser. (org.). Análise de discurso: apontamentos para uma história da noção-conceito de formação discursiva. Letraria: Araraquara, 2020. p. 318-336.

ALAVARCE, Camila da Silva. A ironia e suas refrações: um estudo sobre a dissonância na paródia e no riso. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Trad. Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec; Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 2008.

CASTIEL, Luís David. Ensaios fora do tubo: a saúde e seus paradoxos. Rio de Janeiro: Editora da Fiocruz; São Paulo: Hucitec, 2021.

COELHO, Maria das Graças Pinto; OLIVEIRA, Geilson Fernandes de. Impeachment, emoções e conflitos: a emergência da raiva nos comentários da página da revista Veja no Facebook, Âncora: Revista Latino-americana de Jornalismo, João Pessoa, v. 5, n. 2, p. 127-144, 2018.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A nova razão do mundo: ensaios sobre a sociedade neoliberal. Trad. Mariana Echalar. São Paulo: Boitempo, 2016.

EAGLETON, Terry. Humor: o papel fundamental do riso na cultura. Trad. Alessandra Bonrruquer. Rio de Janeiro: Record, 2020.

FERREIRA, Eliane Aparecida Galvão Ribeiro; BULHÕES, Ricardo Magalhães. A fábula na formação do leitor: reflexões em torno da obra “30 fábulas contemporâneas para crianças”, de Sérgio Caparelli. In: COENGA, Rosemar Eurico; GRAZIOLI, Fabiano Tadeu; COSTA, Anna Maria Ribeiro F. M. da (orgs.). Literatura infantil e juvenil: em tempos de reflexão e isolamento: a muitas mãos, como convém aos solidários. Cuiabá: Entrelinhas, 2021. p. 47-62.

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. In: DEYFRUS, Hubert. L.; RABINOW, Paul. Foucault: uma trajetória filosófica para além do estruturalismo e da hermenêutica. Trad. Vera Porto Carrero. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995. p. 231-250.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Trad. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 2008a.

FOUCAULT, Michel. O nascimento da biopolítica: curso dado no Collège de France: (1978-1979). Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2008b.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 19. ed. Ed. M. J. Marcionilo. São Paulo: Edições Loyola, 2009.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Trad. Luiz Neves. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

FRANCESCHINI, Bruno; SANTOS, Tainá. Camila dos. Discurso de meritocracia: uma análise da regularidade enunciativa em enunciados institucionais e na série 3%, Acta Scietiarum. Language and Culture, Maringá, v. 41, n. 2, e48227, 2019. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciLangCult/article/view/48227. Acesso em: 15 jan. 2022.

FREUD. Sigmund. (1905). O chiste e sua relação com o inconsciente. Trad. Fernando Costa Mattos e Paulo César de Sousa. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2010.

G1. Fuvest 2021: tema da redação é as ‘diferentes faces do riso’. G1, Rio de Janeiro. 2022. Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/educacao/noticia/2022/01/16/fuvest-2022-tema-da-redacao-e-as-diferentes-faces-do-riso.ghtml. Acesso em: 20 jan. 2022.

HAN, Byung Chul. Psicopolítica: o neoliberalismo e as novas técnicas de poder. Trad. Maurício Liesen. Âyiné: Belo Horizonte, 2018.

MARKOVITS, Daniel. A cilada da meritocracia: como um mito fundamental alimenta a desigualdade, destrói a classe média e consome a elite. Trad. Renata Guerra. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2021.

MINOIS, Georges. História do riso e do escárnio. Trad. Maria Helena O. Ortiz Assumpção. São Paulo: Editora da UNESP, 2003.

NUNES, Sylvia da Silveira. Racismo no Brasil: tentativas de disfarce, Psicologia USP, v. 17, n.1, p. 89-98, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pusp/a/kQXPLsM8KBkZYSBTnTGhvmj/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 25 mar. 2022.

POSSENTI, Sírio. Humor, língua e discurso. São Paulo: Contexto, 2010.

RAMOS, Paulo. Tiras e ensino. São Paulo: Parábola, 2014.

SARGENTINI, Vanice. Discurso político e resistência: a estilística da (des)obediência nos discursos. In: BRAGA, Amanda.; SÁ, Israel de. (Orgs). Por uma microfísica das resistências: Michel Foucault e as lutas antiautoritárias da contemporaneidade. Campinas: Pontes Editores, 2020. p. 73-94.

SANTOS, Roberto Elísio dos. Reflexões teóricas sobre o humor e o riso na arte e nas mídias massivas. In: SANTOS, Roberto Elísio dos; ROSSETTI, Regina. (orgs.). O humor e riso na cultura midiática: variações e permanências. São Paulo: Paulinas, 2017. p. 13-48.

SOUZA, Pedro H. G. Ferreira de.Uma história de desigualdade: a concentração de renda entre os ricos no Brasil (1926-2013). São Paulo: Hucitec, 2018.

WAYNE, Michael.; CABRAL, Vinícius Neves. Capitalismo, classe e meritocracia: um estudo transnacional entre Reino Unido e Brasil, Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 46, n. 3, e117535, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edreal/a/QfPgJhMxBvKPg7YgnMvJwGs/. Acesso em: 18 jan. 2022.

Downloads

Publicado

2022-09-19

Como Citar

SILVA, F. V. da . Discurso, humor e resistência à racionalidade neoliberal em tiras da série “Meritogatinhas”, de Helô D’Angelo. Signótica, Goiânia, v. 34, 2022. DOI: 10.5216/sig.v34.72454. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/72454. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos