Se você viajar pelo mar do Norte, um artigo, sobre Site Specific, um Romance

Autores

  • Renan Augusto Ferreira Bolognin Universidade Federal de São Carlos(UFSCar), São Carlos, São Paulo, Brasil. E-mail: renanbolognin@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-0914-8568

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v33.68784

Palavras-chave:

Site Specific, um Romance, Fabio Morais, Rosalind Krauss

Resumo

Site Specific, um Romance, de Fábio Morais (2013), embrenha o texto literário narrativo em artes diversas e em uma monografia acadêmica. Para analisarmos o arranjo estrutural do livro, este artigo o dispõe como palavras convertidas em imagens e toma o texto “Voyage on The Norte Sea”, de Rosalind Krauss (1999), como norteador da compreensão dessa obra de literatura que flerta com o audiovisual. Como conclusões, além de notarmos a eficácia estética de um livro escrito que pode ser arte pictórica, aventamos que a obra parece apontar a relação entre humanidade, literatura e imagem como cada dia mais estreita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Augusto Ferreira Bolognin, Universidade Federal de São Carlos(UFSCar), São Carlos, São Paulo, Brasil. E-mail: renanbolognin@hotmail.com

Mestrando do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de São Carlos.

Estudioso de Literatura Brasileira Contemporânea e interessado, também, por questionamentos de memória e identidade cultural.

Referências

BOURDIEU, Pierre. Algumas propriedades dos campos. In: BOURDIEU, Pierre. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983. p. 89-94.

BOURDIEU, Pierre. O campo intelectual: um mundo à parte. In: BOURDIEU, Pierre. Coisas ditas. São Paulo: Brasiliense, 2004a. p. 169-180.

BROODTHAERS, Marcel. A Voyage on the North Sea. Impressão offset sobre papel, 15,3 x 18,2 cm. Colección MACBA. Fundación MACBA, Barcelona, 1973. Disponível em: https://www.macba.cat/es/arte-artistas/artistas/broodthaers-marcel/voyage-north-sea. Acesso em: 22 mar. 2021.

BUARQUE, Chico. O irmão alemão. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

CALVINO, Ítalo. Visibilidade. In: CALVINO, Ítalo. Seis propostas para o novo milênio: lições americanas. 3ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1990. p. 95-114.

CANCLINI, Néstor García. A sociedade sem relato. Trad. Maria Paula Gurgel Ribeiro. SP: Edusp, 2016.

CONTINENTINO, Ana Maria Amado. A lógica dos indecidíveis. In: _______. A alteridade no pensamento de Jacques Derrida: Escritura, Meio-Luto, Aporia. Tese (Doutorado em Filosofia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006. p. 16-18. Disponível em: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/9591/9591_3.PDF. Consultado em: 24 set. 2020.

DERRIDA, Jacques. La doble sesión. In: ______. La diseminación. 7ed. Trad. José Martin Arancibia. Madrid, España: Omagraf, 1997 (1972). p. 263-340.

DYLAN, Bob. Girl from the North Country. In: DYLAN, Bob. The freeweelin’ Bob Dylan. Nova Iorque: Sony, 1963, Spotify.

ELTIT, Diamela; ERRÁZURIZ, Paz. El infarto del alma. 2ed. Santiago de Chile: Francisco Zegers Editor, 1999.

ESQUIVEL, Laura. Como água para chocolate. Trad. Olga Savary. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

GARRAMUÑO, Florencia. Frutos estranhos: sobre a inespecificidade na estética contemporânea. Trad. Carlos Nougué. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.

HISSA, Cassio Eduardo Viana. Entrenotas: compreensões de pesquisa. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2013.

KIFFER, Ana; GARRAMUÑO, Florencia. Expansões contemporâneas: Literatura e outras formas. Belo Horizonte: UFMG, 2014.

KRAUSS, Rosalind. A escultura no campo ampliado. Gávea, Trad. Elisabeth Carbone Baez, n.1, s/v, p. 129-137, 1984. Disponível em: http://monoskop.org/images/b/bc/Krauss_Rosalind_1979_2008_A_escultura_no_campo_ampliado.pdf. Consultado em: 14 jan. 2016.

KRAUSS, Rosalind. Sculpture in the expanded field. October, v.8, n. 120, p. 30-44, 1979. Disponível em: http://www.onedaysculpture.org.nz/assets/images/reading/Krauss.pdf. Consultado em: 22 out. 2015.

KRAUSS, Rosalind. Voyage on the North Sea: art in the age of the post-medium condition. Nova Iorque: Thames & Hudson, 1999.

LUDMER, Josefina. Literaturas pós-autônomas. Ciberletras, s/v, n. 17, p. 1-6, jul. 2007. Disponível em: http://www.culturaebarbarie.org/sopro/n20.pdf. Consultado em: 08 jun. 2020.

MORAIS, Fábio. Site specific, um romance. Florianópolis: Par(ênt)esis, 2013.

MORETTI, Franco (Org.). A cultura do romance. Trad. Denise Bottmann. São Paulo: Cosac Naify, 2009. p. 629-658.

RANCIÉRE, Jacques. What medium can mean. Parrhesia, s/v. n.11, p. 35-43, 2011. Disponível em: http://parrhesiajournal.org/parrhesia11/parrhesia11_ranciere.pdf. Consultado em: 28 ago. 2015.

RODRIGUES, Emira. Malencuentro: pero tenía otros nombres. Caracas, Venezuela: el perro y la lana, 2008.

SUSSEKIND, Flora. Objetos verbais não identificados: um ensaio de Flora Sussekind. O globo, 21 set. 2013. Disponível em: https://iedamagri.files.wordpress.com/2015/04/objetos-verbais-nc3a3o-identificados-um-ensaio-de-flora-sc3bcssekind-prosa-o-globo.pdf. Consultado em: 16 jun. 2020.

VASCONCELOS, Sandra Guardini Teixeira. O romance como gênero planetário: a cultura do romance. Novos Estudos, Cebrap, s/v, n. 86, p. 87-95, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/nec/n86/n86a11.pdf. Consultado em: 16 jun. 2017.

Downloads

Publicado

2021-11-03

Como Citar

BOLOGNIN, R. A. F. Se você viajar pelo mar do Norte, um artigo, sobre Site Specific, um Romance. Signótica, Goiânia, v. 33, 2021. DOI: 10.5216/sig.v33.68784. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/68784. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Estudos Literários