Literatura e fotografia: o anseio pela apreensão do instante

Autores

  • Pedro Carlos Louzada Fonseca
  • Fábio D’abadia de Sousa

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v20i1.5116

Resumo

Neste artigo, por meio de uma pesquisa qualitativa, baseada em um levantamento
bibliográfico, serão estudadas as inter-relações entre literatura e fotografia,
com o objetivo de examinar os principais pontos em comum dessas duas manifestações
artísticas, aparentemente, muito diferentes uma da outra. Com base no
pensamento de Susan Sontag (2004), afirmando que a fotografia é a arte mais
próxima da poesia, será investigado o momento histórico e os desdobramentos
estéticos que tornam possível o estabelecimento dessa relação, a partir da análise
da obra do poeta português realista Cesário Verde (1855-1886).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-11-25

Como Citar

FONSECA, P. C. L.; SOUSA, F. D. de. Literatura e fotografia: o anseio pela apreensão do instante. Signótica, Goiânia, v. 20, n. 1, p. 149–174, 2008. DOI: 10.5216/sig.v20i1.5116. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/5116. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo