Um percurso da sensibilidade artística no caminho de Swann, de Marcel Proust

Autores

  • Jorge Alves Santana

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v20i1.5112

Resumo

Marcel Proust, em sua obra No caminho de Swann, fornece-nos um percurso
da formação da sensibilidade artística do protagonista Marcel (seu possível
desdobramento no mundo ficcional). Entre leituras, apreciação de arquitetura,
de pintura, de esculturas, de música, entre outras artes, o protagonista informanos
como são seus primeiros contatos com este vasto campo cultural que tomará
conta de toda sua vida. A arte como jogo lúdico e afastado das necessidades
práticas da vida será um dos caminhos a ser seguido pelo protagonista desta
engenhosa obra que abre o projeto maior de composição que é A procura do
tempo perdido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-11-25

Como Citar

SANTANA, J. A. Um percurso da sensibilidade artística no caminho de Swann, de Marcel Proust. Signótica, Goiânia, v. 20, n. 1, p. 67–82, 2008. DOI: 10.5216/sig.v20i1.5112. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/5112. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo