Três disparos em Sarajevo: poesia, fotografia e violência em Claudia Roquette-Pinto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v30i3.50288

Palavras-chave:

Poesia brasileira contemporânea. Fotografia. Violência. Claudia Roquette-Pinto

Resumo

O objetivo deste ensaio é analisar as articulações entre a poesia e a fotografia. A concepção de que a fotografia estabelece uma relação de homologia com o referente é questionada por autores tais como Walter Benjamin, Roland Barthes, Susan Sontag, Giorgio Agamben e Arlindo Machado. É a partir dessa perspectiva que propomos uma leitura do poema “Em Sarajevo”, de Claudia Roquette-Pinto, argumentando que a poeta incorpora no texto poético referências a imagens fotográficas com o propósito de evidenciar uma relação problemática entre a realidade e o que a fotografia capta.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aulus Mandagará Martins, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, aulus.mm@gmail.com

Downloads

Publicado

2018-08-31

Como Citar

MANDAGARÁ MARTINS, A. Três disparos em Sarajevo: poesia, fotografia e violência em Claudia Roquette-Pinto. Signótica, Goiânia, v. 30, n. 3, p. 404–416, 2018. DOI: 10.5216/sig.v30i3.50288. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/50288. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo