Sujeitos urbanos e florestais na figura Barreana Bernardo da mata

Autores

  • Nirce Aparecida Ferreira Silvério

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v0i0.3641

Resumo

Este artigo aborda discussões sobre o sujeito, sob o viés da Análise do Discurso, em especial as reflexões em torno do consciente e inconsciente, liberdade e assujeitamento, ideologia e poder; e as associa à memória e ao interdiscurso. É analisado um poema do livro O guardador de águas, de Manoel de Barros, em que aparece Bernardo; buscamos a interdiscursividade presente na representação
de um sujeito urbano e florestal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-01

Como Citar

SILVÉRIO, N. A. F. Sujeitos urbanos e florestais na figura Barreana Bernardo da mata. Signótica, Goiânia, p. 113–122, 2008. DOI: 10.5216/sig.v0i0.3641. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/3641. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo