A poesia depois da destruição: os inocentes de Hermann Broch

Autores

  • Mario Luiz Frungillo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v25i1.24072

Palavras-chave:

Romance alemão, Hermann Broch, Kitsch e literatura

Resumo

Na personagem do apicultor de Os inocentes (Die Schuldlosen), seu último romance publicado, Hermann Broch faz confluir as reflexões teóricas elaboradas ao longo de sua carreira de escritor sobre vários temas pertinentes à literatura moderna: as relações entre literatura e conhecimento, o kitsch como expressão do espírito da época, as respostas que a poesia pode dar a uma época de dissolução dos valores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-10-14

Como Citar

FRUNGILLO, M. L. A poesia depois da destruição: os inocentes de Hermann Broch. Signótica, Goiânia, v. 25, n. 1, p. 203–219, 2013. DOI: 10.5216/sig.v25i1.24072. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/24072. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo