Cotejo entre dois dicionários de Libras: análise dos microparadigmas

Autores

  • Leandro Andrade Fernandes Universidade Federal de Uberlândia, Ituiutaba, Minas Gerais, Brasil. E-mail: leandroandrade.letras@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-8258-8682
  • Vanessa Regina Duarte Xavier Universidade Federal de Catalão, Catalão, Goiás, Brasil. E-mail: vrdxavier@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-6718-2361

DOI:

https://doi.org/10.5216/rs.v6.68788

Palavras-chave:

Dicionário. Libras. Microparadigmas

Resumo

O dicionário é um instrumento presente em línguas que possuem um sistema de notação, de modo a representar a língua-alvo na modalidade escrita, e com o tempo passam a ser instrumentos normatizadores. Para a elaboração de um verbete, o lexicógrafo necessita estabelecer critérios, selecionando elementos que sejam úteis para seus consulentes. Desta forma, intentamos realizar a avaliação de dois dicionários de Língua Brasileira de Sinais (Libras), sendo eles o “Dicionário Ilustrado de Libras” (2011) e o “Dicionário Novo DEIT-Libras: Língua de Sinais Brasileira” (2013), concernindo estes os mais representativos da supracitada língua. À vista disso, verificamos a utilização dos microparadigmas nos verbetes, consoantes às informações presentes em textos externos, de forma a apresentar informações linguísticas que auxiliem o consulente no momento de consulta às obras. Propomos, assim, um cotejo entre os dicionários referidos em termos de sua estrutura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Andrade Fernandes, Universidade Federal de Uberlândia, Ituiutaba, Minas Gerais, Brasil. E-mail: leandroandrade.letras@gmail.com

Doutorando em Estudos da Linguagem pela Universidade Federal de Catalão – UFCAT. Mestre em Estudos da Linguagem e graduado em Letras: Libras pela Universidade Federal de Goiás – UFG. Docente do Instituto de Ciências Humanas do Pontal, da Universidade Federal de Uberlândia – ICHPO/UFU. Coordenador de área em Estudos Lexicográficos do Laboratório de Leitura e Escrita das Línguas de Sinais – LALELiS da UFG. Participa do GEPLELL – Grupo de Estudos e Pesquisas em Leitura, Escrita, Livros e Linguagens vinculado ao Núcleo de estudos e pesquisas em gênero, educação e diversidade – NEPGED, UFU/Pontal

Vanessa Regina Duarte Xavier, Universidade Federal de Catalão, Catalão, Goiás, Brasil. E-mail: vrdxavier@gmail.com

Possui graduação em Letras Português
pela Universidade Federal de Goiás (UFG) - Regional Catalão (RC) (2007) e
doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (2012). Atualmente, é
professora da Unidade Acadêmica Especial de Letras e Linguística da
UFG/RC, atuando no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem
(PPGEL) desta instituição. É pós-doutora pelo Programa Nacional de Pósdoutorado
(PNPD), pela UFG/RC (PPGEL). Tem experiência na área de
Linguística e Filologia, com ênfase em Lexicologia e coordena o projeto
Estudos do Léxico em Perspectiva. E-mail: vrdxavier@gmail.com

Referências

ANDRADE, Maria Margarida. Lexicologia, terminologia: definições, finalidades, conceitos operacionais. In: OLIVEIRA, Ana Maria P. P. de; ISQUERDO, Aparecida N. (Org.). As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia. Campo Grande: Editora da UFMS, 1998. p. 89-98.

BALDINGER, Kurt. Teoría semántica: hacia una semántica moderna. Trad. Emilio Lledó; L. Molina; José Mondéjar; José Luis Rivarola. Madrid: Alcalá, 1970.

BORBA, Francisco da Silva. Conversando com quem faz prática lexicorgafica. In. XATARA, Claudia; BEVILACQUA, Cleci Regina; HUMBLÉ, Fhilippe René Marie. (org.). Dicionários na teoria e na prática: como e para quem são feitos. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

BRANDÃO, Flavia. Dicionário Ilustrado de Libras: língua brasileira de sinais. São Paulo: Global, 2011.

CAPOVILLA, Fernando Cesar; RAPHAEL, Walkiria Duarte; MAURICIO, Aline Cristina L. Novo DEIT-Libras: Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilíngue da Língua de Sinais Brasileira. 3. ed. São Paulo: Edusp, 2013. 2 v.

CARVALHO, Maria Aparecida Holanda Delmondes. A língua brasileira de sinais – Libras: uma análise sobre os parâmetros para a aquisição da linguagem e aprendizagem da pessoa com surdez. In. SANTOS, Luciana de Jesus Botelho Sodré dos et al. Educação especial, inclusiva em contexto. Campina Grande: Editora Amplla, 2021. Disponível em: https://ampllaeditora.com.br/books/2021/04/EducacaoEspecialInclusiva.pdf#page=33. Acesso em: 13 nov. 2021.

CASTIGLIONI, Ana Claudia. Dicionário enciclopédico de topônimos do estado de Mato Grosso do Sul: uma proposta de modelo. 234 f. Tese (doutorado em Estudos Linguísticos) Universidade Estadual Paulista – UNESP: São José do Rio Preto, 2013. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/110528. Acesso em 13 nov. 2014.

DUBOIS, Jean et al. Dicionário de linguística. trad. Frederico pessoa de Barros et al. São Paulo: Cultrix, 2006.

FERNANDES, Leandro Andrade; XAVIER, Vanessa Regina Xavier: Dicionários de Libras: proposta basilar de um roteiro lexicográfico e/ou terminográfico. Revista The Especialist. v. 40, n. 3, p. 2318-715, 2019. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/esp/article/view/42495/30739. Acesso em: 12 dez. 2020.

GAMA, Flausino José da Costa. Iconografhia dos signaes dos surdos-mudos. Rio de Janeiro: Tipographia Universal de E. & S. Laemmert, 1875.

GONÇALVES, Sheila de Carvalho Pereira. Estudo de dicionários escolares e proposta de elaboração de dicionário infantil de língua portuguesa. 380 f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) Universidade Estadual Paulista – UNESP: São José do Rio Preto, 2013. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/100093. Acesso em 13 nov. 2021.

HONORA, Márcia; FRIZANCO, Mary Lopes Esteves. Livro ilustrado de Língua Brasileira de Sinais: desvendando a comunicação surda. São Paulo: Ciranda, 2009.

HONORA, Márcia; FRIZANCO, Mary Lopes Esteves. Livro ilustrado de Língua Brasileira de Sinais: desvendando a comunicação surda. São Paulo: Ciranda, 2010.

HONORA, Márcia; FRIZANCO, Mary Lopes Esteves. Livro ilustrado de Língua Brasileira de Sinais: desvendando a comunicação surda. São Paulo: Ciranda, 2011.

KRIEGER, Maria da Graça; Rangel, Egon de Oliveira. Questões políticas. In. XATARA, Claudia et al. Dicionário na teoria e na prática: como e para quem são feitos. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

MURAKAWA, Clotilde de Almeida Azevedo; ZAVAGLIA, Claudia. Questões teóricas específicas. In. XATARA, Claudia et al. Dicionário na teoria e na prática: como e para quem são feitos. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

NASCIMENTO, Cristiane Batista do. Terminografia em língua de sinais brasileira: proposta de glossário ilustrado semibilíngue do meio ambiente, em mídia digital. 222 f. Tese (Doutorado em Linguística) Universidade de Brasília – UnB: Brasília, 2016. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/21851. Acesso em: 13 nov. 2021.

OATES, Eugenio. Linguagem das mãos. Rio de Janeiro: Editora Livro, 1969.

PÉLISSIER, Pierre. L’enseignement primaire des sourds-muets à la portée de tout le monde aec iconographie des signes. In: Aux origines de la langue signaes Françoise: Brouland, Pélissier, Lambert los premiers illustrateurs. Paris: A la Librarie de Paul Dupont, 1856.

SILVA, Luciana Ferreira Pinto da. Estudo crítico da representação visual do léxico em dicionários infantis ilustrados. 2006. 136 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) Universidade de Brasília – UNB: Brasília, 2006. Disponível em https://repositorio.unb.br/handle/10482/8880. Acesso em: 02 out. 2020.

SOFIATO, Cássia Geciauskas. O desafio da representação pictórica da Língua de Sinais Brasileira. 2005. 114 f. 2015. 121 f. Dissertação (Mestrado em Artes) Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP: Campinas, 2005. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285074. Acesso em: 28 jun. 2020.

REY-DEBOVE, Josette. Étude linguistique et sémiotique des dictionnaires français contemporains. Paris: Hachette, 1971.

STEIN, Gabriele. Illustrations in dictionaries. International Journal of Lexicography. Oxford University Press, v. 4, n. 2, p. 99-127. 1991.

WELKER, Herbert Andreas. Dicionários: uma pequena introdução à lexicografia. Brasília: Thesaurus, 2004.

Downloads

Publicado

25-11-2021

Como Citar

Fernandes, L. A. ., & Xavier, V. R. D. (2021). Cotejo entre dois dicionários de Libras: análise dos microparadigmas. Revista Sinalizar, 6. https://doi.org/10.5216/rs.v6.68788

Edição

Seção

Artigos