Bullying, apoio social e sentido de vida: relato de discentes surdas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/rs.v6.67536

Palavras-chave:

Surdez. Bullying. Apoio Social. Sentido de Vida.

Resumo

Este artigo tem por objetivo descrever as experiências de bullying vivenciadas por uma população surda no ambiente escolar e o papel do apoio social e do sentido de vida na trajetória familiar, laboral e acadêmica dessa população. Participaram desta pesquisa discentes surdas de uma instituição de ensino superior, que responderam a um roteiro de entrevista semiestruturada, cujas informações coletadas foram analisadas pelo software IRAMUTEQ. Os resultados foram apresentados por classes, a saber: apoio social e inclusão acadêmica, sentido de vida, relação familiar e bullying na escola. Verificou-se, nessas classes, que os surdos encontravam apoio social e emocional com os seus pares no ambiente universitário, construíam metas e projetos de vida para o futuro como uma via de realização existencial, vivenciavam obstáculos de comunicação no espaço familiar e, no período escolar, foram alvos de práticas de bullying devido à perda auditiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, L. F.; LEÃO, M. F.; AGAPITO, F. M. Políticas Públicas voltadas para a inclusão social dos surdos, Revista Destaques Acadêmicos, v. 9, n. 2, p. 149-162, 2017.

AQUINO, T. A. A. Logoterapia e Análise Existencial: uma introdução ao pensamento de Viktor Frankl. São Paulo: Paulus, 2013.

ARANDA, B.; RAAIJ, I. S. V. Mental health services for deaf people: treatment advances, opportunities and challenges. Washington: Gallaudet University Press, 2015.

ARAÚJO, C. P. S.; SILVA, L. R. Bullying na escola: essa brincadeira não tem graça. In: V Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, 2011, São Cristóvão. Anais, São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, p. 1-16, 2011.

AUGUSTO, M. A. P. C.; CHACON, M. C. M. Diferentes enfoques das relações familiares: superproteção e abandono. In: VII Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial, Londrina. Anais, Londrina: p. 1316-1327, 2011.

BARA, I. M. S. B.; CATHARINA, N. H.; WARDANI I. Y. Meaning of Life of Adolescent Survivors of Domestic Violence (DV). Advanced Science Letters, v. 24, n. 9, p. 6735-6738, 2018.

BATISTA, T. P. M.; REIS, J. G. A família de estudantes surdos: e a importância da comunicação em libras para processo de aprendizagem. In: VII Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial, Londrina. Anais, Londrina, p. 1201-1213, 2011.

BAUMAN, S.; PERO, H. Bullying and cyberbullying among deaf students and their hearing peers: An exploratory study. Journal of deaf studies and deaf education, 16(2), 236-253, 2011.

BRASIL. O atendimento diferenciado no ENEM. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), 2012. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/nota_tecnica/2012/atendimento_diferenciado_enem_2012.pdf>

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 - Lei Brasileira de Inclusão das pessoas com deficiência. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm>. Acesso em:

BRAUER, B. A.; BRADEN, J. P.; POLLARD, R. Q.; HARDY-BRAZ, S. T. Deaf and hard of hearing people. In: SANDOVAL, J. H.; FRISBY, C. L.; GEISINGER, K. F.; J. R. GRENIER; SCHEUNEMAN, J. D. Test interpretation and diversity: Achieving equity in assessment. Washington: American Psychological Association, p. 297–315, 1998.

BROEKHOF, E., BOS, M. G., CAMODECA, M.; RIEFFE, C. Longitudinal associations between bullying and emotions in deaf and hard of hearing adolescents. The Journal of Deaf Studies and Deaf Education, 23(1), 17-27, 2018.

CAMARGO, B. V.; JUSTO, A. M. IRAMUTEQ: Um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, 21(2), 513-518, 2013.

CAMARGO, E. P. Inclusão social, educação inclusiva e educação especial: enlaces e desenlaces. Ciência e Educação, v. 33, n. 1, 2017.

CECHET, A. G. S. O ingresso na universidade pública: análise dos sentidos atribuídos por um grupo de estudantes atendidos pela assistência estudantil. f. 89. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Setor de Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

CHAVES, D. R. L.; SOUZA, M. R. Bullying e preconceito: a atualidade da barbárie. Rev. Bras. Educ., v. 23, p. 1-17, 2018.

CORRÊA, D. A.; RODRIGUES, C. M. D. Finitude e sentido de vida: do torpor à tarefa. Revista da Associação Brasileira de Logoterapia e Análise Existencial - Logos & existência, v. 2, n. 1, p. 37-46, 2013.

COUTINHO, M. P. L.; PINTO, A. V. L.; CAVALCANTE, J. G.; ARAUJO, L. S.; COUTINHO, M. L. Relação entre depressão e qualidade de vida de adolescentes no contexto escolar. Psicologia, Saúde e Doença, v. 17, n. 3, p. 338-351, 2016.

DALCIN, G. Psicologia da educação de surdos. Universidade Federal de Santa Catarina, Curso de Licenciatura em Letras-Libras na Modalidade a Distância, Florianópolis, 2009.

DU FEU, M. Deafness: The Facts. In M., du Feu & C., Chovaz (Orgs.). Mental Health and Deafness. Oxford University Press, 2014.

ERNSEN, B. P. Bullying e surdez no contexto escolar. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, na linha de pesquisa de Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

FELLINGER, J.; HOLZINGER, D.; SATTEL, H.; LAUCHT, M.; GOLDBERG, D. Correlates of mental health disorders among children with hearing impairments. Dev Med Child Neurol, v. 51, p. 635–4, 2009.

FLYNT, S. W.; MORTON, R. C. Bullying and children with disabilities. Journal of Instructional Psychology, v. 31, n. 4, 330–333, 2004.

FONSECA, I. S. S.; MOURA, S. B. Apoio social, saúde e trabalho: uma breve revisão. Psicol. Am. Lat., n. 15, 2008.

FORLIM, B. G.; STELKO-PEREIRA, A. C.; WILLIAMS, L. C. A. Relação entre bullying e sintomas depressivos em estudantes do ensino fundamental. Estudos de Psicologia, v. 31, n. 3, p. 367-375, 2014.

FRANKL, V. E. A vontade de sentido: fundamentos e aplicações da logoterapia. São Paulo: É Realizações, 2011.

FRANKL, V. E. O sofrimento de uma vida sem sentido. São Paulo: Paulus, 2015.

FRANKL, V. E. Psicoterapia e sentido de vida: fundamentos da logoterapia e análise existencial. São Paulo: Quadrante, 2016.

FRANKL, V. E. Psicoterapia para todos. Petropólis: Vozes, 2018.

GAUVAIN, M. The social context of cognitive development. New York: Guilford Press, 2001.

GESSER, A. LIBRAS? Que língua é essa?: Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola, 2009.

GLICKMAN, N. S.; GULATI, S. Mental health care of deaf people: a culturally affirmative approach. Lawrence Erlbaum Associates: London, 2003.

GUIMARÃES, F. F. O sentido do sofrimento humano. Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto, v. 11, n. 2, p. 70-76, 2012.

GURROLA-PENA, G. M., BALCAZAR-NAVA, P.; VILLAR, O. E.; LUIS, A. G.; ALMANZA-AVENDANO, M. A. Protective Factors for the Development of Psycho-pathological Symptoms in Young Victims of Community Violence. International Journal of Emergency Mental Health and Human Resilience, v. 20, n. 1, p 1-9, 2018.

GROLLI, V.; WAGNER, M. F.; DALBOSCO, S. N. P. Sintomas Depressivos e de ansiedade em adolescentes do ensino médio. Revista de Psicologia IMED, v. 9, n. 1, p. 87-103, 2017.

HENRY, K. L.; LOVEGROVE, P. J.; STEGER, M. F.; CHEN, P. Y.; CIGULAROV, K. P.; TOMAZIC, R. G. The potential role of meaning in life in the relationship between bullying victimization and suicidal ideation. Journal of youth and adolescence, v. 43, n. 2, p. 221-232, 2014.

HEINTZELMAN, S. J.; KING, L. A. Life is pretty meaningful. American Psychologist, 69, 561–574, 2014.

KENT, B. A. Identity issues for hard-ofhearing adolescents aged 11, 13, and 15 in mainstream settings. Journal of Deaf Studies and Deaf Education, v. 8, n. 3, 315–324, 2003.

KVAM, M.; LOEB, M.; TAMBS, K. Mental health in deaf adults: symptoms of anxiety and depression among hearing and deaf individuals. J Deaf Stud Deaf Educ., v. 12, n. 1, p. 1-7, 2007.

LACERDA, C. B. F. A inclusão escolar de alunos surdos: o que dizem alunos, professores e intérpretes sobre esta experiência. Cad. Cedes, Campinas, v. 26, n. 69, p. 163-184, 2006.

LAURSEN, B.; BUKOWSKI, W. M.; AUNOLA, K.; NURMI, J. E. Friendship moderates prospective associations between social isolation and adjustment problems in young children. Child Development, v. 78, n. 4, p. 1395–1404, 2007.

LEDERBERG, A. R. Social interaction among deaf preschoolers: The effects of language ability and age. American Annals of the Deaf, v. 136, n. 1, p. 53–59, 1991.

LISBOA, C.; BRAGA, L. L.; EBERT, G. O fenômeno bullying ou vitimização entre pares na atualidade: definições, formas de manifestação e possibilidade de intervenção. Contextos Clínicos, v. 2, n. 1, p. 59-71, 2009.

LIU, Y.; GUL, H.; ZHANG, J.; RAZA, J.; USMAN, M. Abusive Supervision and Suicidal Ideation: The Potential Role of Meaning in Life. Deviant Behavior, p. 1-12, 2020.

LOCKE, E. A.; SCHIPPERS, M. C. Improving lives: personal goal setting boosts student performance and happiness. Acad. Manag. Proc. 2018.

LOPES, M. A. C.; LEITE, L. P. Concepções de surdez: a visão do surdo que se comunica em língua de sinais. Rev. Bras. Ed. Esp., v. 17, n.2, p. 305-320, 2011.

MALTA, D. C.; MELLO, F. C. M.; PRADO, R. R.; SÁ, A. C. M. G. N.; MARINHO, F.; PINTO, I. V.; SILVA, M. M. A.; SILVA, M. A. I. Prevalência de bullying e fatores associados em escolares brasileiros. Ciênc. Saúde coletiva, v. 24, n. 4, 2019.

MARCOLINO, E. C.; CAVALCANTE, A. L.; PADILHA, W. W. N.; MIRANDA, F. A. N.; CLEMENTINO; F. S. Bullying: prevalência e fatores associados à vitimização e à agressão no cotidiano escolar. Texto Contexto Enferm, v. 27, n. 1, p. 1-10, 2018.

MATIAS, R. C.; MARTINELLI, S. C. Um estudo correlacional entre apoio social e autoconceito de estudantes universitários. Avaliação (Campinas), v. 22, n. 1, p. 15-33, 2017.

MARTINS, S. E. S. O.; NAPOLITANO, C. J. Inclusão, acessibilidade e resistência: direitos de estudantes surdos à educação superior. Educar em Revista, v. 33, n. especial 3, p.107-126, 2017.

MELLO, F. C. M.; MALTA, D. C.; SANTOS, M. G.; SILVA, M. M. A.; SILVA, M. A. I. Evolução do relato de sofrer bullying entre escolares brasileiros: Pesquisa Nacional de Saúde Escolar – 2009 a 2015. Rev Bras Epidemiol, v. 21, p. 1-14, 2018.

MESQUITA, L. S. Políticas Públicas de Inclusão: o acesso da pessoa surda ao ensino superior. Educação & Realidade, v. 43, n. 1, p. 255-273, 2018.

MILLEN, K.; DORN, B.; LUCKNER, J. L. Friendships and Self-Determination Among Students Who Are Deaf or Hard of Hearing. American Annals of the Deaf, v. 163, n. 5, p. 576–595, 2019.

MOELLER, M. P. Early intervention and language development in children who are deaf and hard of hearing. Pediatrics, v. 106, n. 3, p. 1–9, 2000.

NEGRELLI, M. E. D.; MARCON, S. S. Família e criança surda. Ciência, Cuidado e Saúde, v. 5, n. 1, p. 98-107, 2006.

NORWICH, B.; KELLY, N. Pupils’ views on inclusion: Moderate learning difficulties and bullying in mainstream and special schools. British Educational Research Journal, v. 30, n. 1, p. 43-65, 2004.

NUNES, S. S.; SAIA, A. L.; SILVA, L. J.; MIMESSI, S. D. Surdez e educação: escolas inclusivas e/ou bilíngues? Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, v. 19, n. 3, p. 537-545, 2015.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA (UNESCO). Violência escolar e bullying: relatório sobre a situação mundial. Brasília, 54 p., 2019.

OLIVEIRA, K. G.; AQUINO, T. A. A. Logoterapia e cultura surda: Adaptação e validação do quationário sentido de vida para o contexto de pessoas surdas. Revista da Associação Brasileira de Logoterapia e Análise Existencial - Logos & existência, v. 3, n. 2, p. 238-254, 2014.

OLIVEIRA, W. A.; SILVA, M. A. I.; MELLO, F. C. M.; PORTO, D, L.; YOSHINAGA, A. C. M.; MALTA, D. C. Causas do Bullying: resultados da Pesquisa Nacional de saúde do escolar. Rev. Latino-Am. Enfermagem, p. 1-8, 2015.

PATIAS, N. D.; SIQUEIRA, A. C.; DIAS, A. C. G. Bater não educa ninguém! práticas educativas parentais coercitivas e suas repercussões no contexto escolar. Educ. Pesqui., v. 38, n. 04, p. 981-996, 2012.

PEREIRA, I. S. A Ética do Sentido de Vida: Fundamentos da Logoterapia. Aparecida, SP: Ideias e Letras, 2013.

PINQUART, M.; PFEIFFER, J. P. Bullying in students with and without hearing loss. Deafness & Education International, 17, 101–110, 2015.

QUADROS, R. M.; KARNOPP, L. B. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

QUADROS, R. M.; STUMPF, M. R. O primeiro curso de graduação em Letras Língua Brasileira de Sinais: educação à distância. ETD – Educação Temática Digital, v. 10, n. 2, p. 169-185, 2009.

RAMOS, D. A. S. M. Burnout, percepção de suporte social e autoeficácia em estudantes de ensino superior. Dissertação (Mestrado em Psicologia Aplicada) - Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia, 2015.

REINERT, M. Alceste, une méthodologie d’analyse des données textuelles et une application. AURÉLIA de G. de N. Bulletin de méthodologie sociologique, (28) 24-54, 1990.

RYAN, R. M. The peer group as a context for the development of young adolescent motivation and achievement. Child Development, v. 72, n. 4, p. 1135–1150, 2001.

SAMPAIO, J. M. C.; SANTOS, G. V.; OLIVEIRA, W. A.; SILVA, J. L.; MEDEIROS, M.; SILVA, M. A. J. Prevalência de bullying e emoções de estudantes envolvidos. Texto contexto enfermagem, v. 24, n. 2, p. 344-52, 2015.

SAMSSUDIN, S.; BARROS, A. B. Relação entre as crenças de auto-eficácia e o apoio social na transição para o trabalho em estudantes finalistas do ensino superior. Revista Psicologia, v. 25, n. 1, p. 159-171, 2011.

SANTANA, A. P. A inclusão do surdo no ensino superior no Brasil. Nasen. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, n. 1, p. 85–88, 2016.

SANTOS, A. S.; OLIVEIRA, C. T.; DIAS, A. C. G. Características das relações dos universitários e seus pares: implicações na adaptação acadêmica. Revista Psicologia: Teoria e Prática, v. 17, n. 1, p. 150-163, 2015.

SARTORI, I. J. F. Políticas Públicas, Inclusão e Educação Bilíngue de surdos em Campinas (SP): 2007 – 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação, Pontifícia Universidade Católica de Campinas. PUC Campinas, 2019.

SCHIPPERS, M. C.; MORISANO, D.; LOCKE, E. A.; SCHEEPERS, A. W.; LATHAM, G.; DE JONG, E. M. Conscious goal reflection boosts academic performance regardless of goal domain. Contemp. Educ. Psychol, 2019.

SCHIPPERS, M. C.; ZIEGLER, N. Life crafting as a way to find purpose and meaning in life. Frontiers in Psychology, 2019.

SHERIDAN, M. Inner lives of Deaf children: Interviews and analysis. Washington, DC: Gallaudet University Press, 2001.

SILVA, L. S.; BASTOS, T. Pais ouvintes e filhos surdos: impasses na comunicação. Entrelaçando – Revista Eletrônica de Cultura e Educação. Caderno temática: educação especial e inclusão, n, 8, p. 25-34, 2013.

SILVEIRA, D. R.; GRANDIM, F. J. Contribuições de Viktor Frankl ao movimento da saúde coletiva. Revista da abordagem gestáltica – Phenomenological Studies, v. 21, n. 2, p. 153-161, 2015.

SILVA, D.; TAVARES, E.; SILVA, E.; DUARTE, J.; CABRAL, L.; MARTINS, C. Vítimas e agressores – Manifestações de bullying em alunos do 6º ao 9º ano de escolaridade. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, n. 5, p. 57-62, 2017.

SKLIAR, C. Um olhar sobre o nosso olhar acerca da surdez e das diferenças. In: ____. A surdez: um olhar sobre as diferenças. 8. ed. Porto Alegre: Mediação, p. 5-32, 2016.

SMITH, K. L.; RUSH, L. L. Counseling students who are Deaf. In: LIPPINCOTT, J. A.; LIPPINCOTT, R. B. Special populations in college counseling: A handbook for mental health professionals, Alexandria, VA: American Counseling Association, p. 231–245, 2007.

SOUZA, J. M. Bullying: uma das faces do preconceito homofóbico entre jovens no contexto escolar. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Centro de Ciências de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2013.

SOUZA, L. C. Quando o bullying na escola afeta a vida adulta. Rev. Psicopedagogia, v. 36, n. 110, p. 153-62, 2019.

STELLING, E. P.; STELLING, L. F. P.; TORRES, E. M. S.; CASTRO, H. C. Pais ouvintes e filho surdo: dificuldades de comunicação e necessidade de orientação familiar. Espaço, n.42, 2014.

WAGNER, A.; FALCKE, D.; SILVEIRA, L. M. B. de O.; MOSMANN, C. P. A comunicação em famílias com filhos adolescentes. Psicologia em Estudo, 7(1), 75-80, 2002.

WARD, S. J.; KING, L. A. Work and the good life: How work contributes to meaning in life. Research in Organizational Behavior, v. 37, p. 59-82, 2017.

WEINER, M. T., DAY, S. J.; GALVAN, D. Deaf and hard of hearing students’ perspectives on bullying and school climate. American annals of the deaf, 158(3), 334-343, 2013.

WHITNEY, I.; SMITH, P. K.; THOMPSON, D. Bullying and children with special educational needs. In: Smith, P. K.; Sharp, S. School bullying: Insights and perspectives New York: Routledge, p. 213–240, 1994.

WHYTE, A. K.; GUIFFRIDA, D. A. Counseling Deaf College Students: The Case of Shea. Journal of College Counseling, v. 11, p. 184-192, 2008.

XAUSA, L. A. M. A Psicologia do Sentido de Vida. Vide Editorial, 2013.

ZAMPAR, J. A. S. Integração na universidade na percepção de estudantes com deficiência. Dissertação (Mestrado em educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação Especial do Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos. São Carlos, SP, 2015.

ZHANG, H.; CHEN, K.; CHEN, C.; SCHLEGEL, R. Personal aspirations, person-environment fit, meaning in work, and meaning in life: A moderated mediation model. Journal of Happiness Studies, v. 20, n. 5, p. 1481-1497, 2019.

Downloads

Publicado

19-11-2021

Como Citar

Guimarães, V., Santos, K. D. A., Dantas, N. P. ., & Silva, J. P. da. (2021). Bullying, apoio social e sentido de vida: relato de discentes surdas. Revista Sinalizar, 6. https://doi.org/10.5216/rs.v6.67536

Edição

Seção

Artigos