DESOBEDIÊNCIA E DEMOCRACIA: A HORA DA CIDADANIA

Autores

  • Francisco Javier de Lucas Martín Universidade de Valência

DOI:

https://doi.org/10.5216/rfd.v37i01.31783

Palavras-chave:

Democracia, Desobediência, Resistência, Sociedade, Cidadania

Resumo

As páginas a seguir pretendem lançar alguns argumentos que permitam avançar na discussão em torno a dos problemas que estão profundamente relacionados entre si e que, a meu ver, constituem possivelmente o desafio de maior importância que afrontam os movimentos sociais em nosso país [Espanha] (e não apenas nele). Em primeiro lugar, trata-se de elucidar o lugar do dissenso e da crítica, da desobediência civil, na democracia. Contudo esta questão, como se vê, remete-nos na realidade a outra de maior destaque, ao debate sobre as raízes em si da democracia e assim à sua relação com o dissenso e à identificação da democracia e da cidadania com o modelo de democracia representativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Javier de Lucas Martín, Universidade de Valência

Francisco Javier de Lucas Martín é catedrático de Filosofia do Direito e Filosofia Política no Instituto de Direitos Humanos da Universidade de Valência, Espanha. Desde outubro de 2005 é diretor do Colégio de Espanha en Paris na Cidade Internacional Universitária (CiuP).

Downloads

Publicado

2013-06-06

Como Citar

DE LUCAS MARTÍN, F. J. DESOBEDIÊNCIA E DEMOCRACIA: A HORA DA CIDADANIA. Revista da Faculdade de Direito da UFG, Goiânia, v. 37, n. 01, p. 58–72, 2013. DOI: 10.5216/rfd.v37i01.31783. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revfd/article/view/31783. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Científicos