Trajetórias de estudantes indígenas na pós-graduação: um ensaio falado em múltiplas vozes

Autores

  • André Marques Nascimento Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil. E-mail: andremarques@ufg.br.
  • Caetano Tserenhi'ru Moritu Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil. E-mail: caetanotserenhi@discente.ufg.br.
  • Eneida Brupahi Xerente Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil. E-mail: eneidabrupahi@discente.ufg.br.

DOI:

https://doi.org/10.5216/racs.v7.71477

Palavras-chave:

Estudantes indígenas; pós-graduação; produção de conhecimento; letramentos acadêmicos.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar reflexões sobre as trajetórias de estudantes indígenas num programa de pós-graduação, a partir de suas próprias perspectivas, suscitadas em rodas de conversa que abordaram dimensões como produção de conhecimento e práticas de letramentos acadêmicos em contexto de diálogo/conflito intercultural e interepistêmico. Ao tomar a forma de um ensaio falado, o trabalho busca refletir a natureza oral e dialógica de seu contexto interacional e, principalmente, promover outras possibilidades de escrita acadêmica situada e menos grafocêntrica. As reflexões apresentadas em forma de diálogo visam, ainda, contribuir para a avaliação institucional do acesso e da permanência de estudantes indígenas na universidade que sejam, de fato e plenamente, inclusivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANZALDÚA, Gloria. Borderlands/La frontera: the new mestiza. 2. ed. São Francisco: Aunt Lute Books, 1987.

BORGES, Suety Líbia Alves. Letramento, gênero e raça na (re)construção e identidades de mulheres negras. Campinas, SP: Pontes, 2020.

BORGES, Suety Líbia Alves. Letramento, gênero e raça na trajetória acadêmica de uma indígena mulher Akwẽ. Tese (Doutorado em Linguística), Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2022.

BRUPAHI XERENTE, Eneida. Letramentos do viver Akwẽ. Dissertação (Mestrado em Linguística), Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2022.

EVARISTO, Conceição. Da grafia-desenho de minha mãe, um dos lugares de nascimento de minha escrita. In: Alexandre, Marcos A. (org.). Representações performáticas brasileiras: teorias, práticas e suas interfaces. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2007, p. 16-21.

FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da pergunta. 10. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2019.

hooks, bell. Ensinando a transgredir: a educação como prática de liberdade. Trad. Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Martins Fontes, 2017.

IPAXI‘AWYGA TAPIRAPÉ, Gilson (TENYWAAWI). Takãra: centro epistemológico e sistema de comunicação cósmica para a vitalidade cultural do mundo Apyãwa. Dissertação (Mestrado em Linguística), Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2020.

KLEIMAN, Angela B. Modelos de letramento e as práticas de alfabetização na escola. In: KLEIMAN, Angela. Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 1995.

KOPENAWA, Davi; ALBERT, Bruce. A queda do céu: palavras de um xamã yanomami. Trad. Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Cia das Letras, 2015.

KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Cia. das Letras, 2019.

MORITU, Caetano Tserenhi’ru. História da introdução da escrita entre o povo A’uwẽ Uptabi (Xavante Autêntico). Dissertação (Mestrado em Linguística), Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2022.

MUNDURUKU, Daniel. Escrita indígena: registro, oralidade e literatura - O reencontro da memória. In: DORRICO, Julie; DANNER, Leno Francisco; CORREIRA, Heloisa H. S.; DANNER, Francisco. (orgs.). Literatura indígena brasileira contemporânea: criação, crítica e recepção. Porto Alegre: Editora Fi, 2018, p. 81-83.

Downloads

Publicado

2022-10-14

Como Citar

NASCIMENTO, A. M.; TSERENHI’RU MORITU, C.; BRUPAHI XERENTE, E. Trajetórias de estudantes indígenas na pós-graduação: um ensaio falado em múltiplas vozes. Articulando e Construindo Saberes, Goiânia, v. 7, 2022. DOI: 10.5216/racs.v7.71477. Disponível em: https://revistas.ufg.br/racs/article/view/71477. Acesso em: 27 jan. 2023.