Multiculturalismos, procesos de comunicación intercultural y derechos humanos en los itinerarios de atención en salud del pueblo Iny que vive en el municipio de Aruanã

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/racs.v5i.65684

Palavras-chave:

Saúde indígena, Processos de comunicação intercultural, Direitos humanos

Resumo

Entre 2012 e 2014, realizei uma etnografia para investigar as estratégias de resolução dos processos de saúde e doença do povo Iny-Karajá que mora no município de Aruanã, localizado no estado de Goiás, na região Centro-Oeste do Brasil. Este artigo busca descrever os vários “multiculturalismos” e modalidades de comunicação intercultural que são apresentados nos serviços de saúde pertencentes ao Distrito Saúde Araguaia. Considerando que o campo da saúde indígena é predominante pelos direitos humanos, são levantadas algumas reflexões que ligam os dois campos de problemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-10-27

Como Citar

CORREA, J. I. L. . Multiculturalismos, procesos de comunicación intercultural y derechos humanos en los itinerarios de atención en salud del pueblo Iny que vive en el municipio de Aruanã. Articulando e Construindo Saberes, Goiânia, v. 5, 2020. DOI: 10.5216/racs.v5i.65684. Disponível em: https://revistas.ufg.br/racs/article/view/65684. Acesso em: 17 maio. 2022.