PARA LER O PROJETO SOB UMA PESPECTIVA ÉTICA

Autores

  • Carlota Ibertis Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v13i2.8442

Palavras-chave:

prazer-desprazer, desamparo, Nebenmensch, desejo.

Resumo

Esse artigo tece algumas considerações para ler o Projeto de uma psicologia desde uma perspectiva ética. Parte-se da leitura que Lacan efetua em O Seminário, Livro VII, A ética da psicanálise, onde ele estrutura sua interpretação na oposição entre os princípios de prazer e de realidade e na compreensão de das Ding. À diferença da leitura lacaniana, centrada no conceito de desejo, enfatizamos, em primeiro lugar, a pertinência das noções de desprazer e de prazer como fundamentais. Em segundo lugar, observamos que antes do que o objeto de desejo incestuoso, por uma parte, ou meramente formal, por outra, no Projeto se trata, além do par desprazer-prazer, das experiências do desamparo e da dívida perante o próximo-auxiliador como bases da moralidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-02-2010

Como Citar

IBERTIS, C. PARA LER O PROJETO SOB UMA PESPECTIVA ÉTICA. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 13, n. 2, p. 21–41, 2010. DOI: 10.5216/phi.v13i2.8442. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/8442. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais