Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí e as filosofias esc(r)utáveis da cosmologia e instituições socioculturais Oyó-Iorubás

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v28i2.76986

Palavras-chave:

Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí; Cosmologia e Instituições Socioculturais Oyó-Iorubás; Cosmopercepção; Senioridade; Ensino de Filosofia.

Resumo

Este artigo busca esc(r)utar o pensamento da filósofa iorubá Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí, que modifica nossa compreensão das culturas africanas, notadamente em relação à raça e ao gênero. Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí ao nos chamar a atenção que antes da colonização britânica a sociedade Oyó-Iorubá do sudoeste da Nigéria não se organizava em torno de hierarquias decorrentes da di-visão por corpo generificado, mas da senioridade, nos apresenta cosmologia e instituições socioculturais Oyó-Iorubás assentadas na cosmopercepção de quem não é permanentemente e indefinidamente mais velho ou mais novo que outra pessoa. Nesse sentido, trazer o pensamento de Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí para o exercício do ensino de filosofia contribui para pensá-lo além da transmissão histórica da filosofia e das ideias de pensadores ocidentais, abordando assim seres e saberes africanos que deságuam em tradições, cosmologias e instituições socioculturais presentes no Brasil, das quais professoras(es) e estudantes são herdeiras(os).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-12-2023

Como Citar

ROCHA, A. M. da. Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí e as filosofias esc(r)utáveis da cosmologia e instituições socioculturais Oyó-Iorubás. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 28, n. 2, 2023. DOI: 10.5216/phi.v28i2.76986. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/76986. Acesso em: 26 maio. 2024.