ONTOLOGIA E CONHECIMENTO NOS PRINCÍPIOS DA FILOSOFIA DO FUTURO DE LUDWIG FEUERBACH

Autores

  • José Edmar Lima Filho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais – Campus Bambuí

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v22i2.45635

Palavras-chave:

Ontologia, Conhecimento, Sensibilidade, Feuerbach.

Resumo

Neste artigo pretendo discutir o tema do conhecimento como um problema filosófico no pensamento de Ludwig Feuerbach, tomando por fundamento as formulações desenvolvidas pelo pensador no escrito Princípios da filosofia do futuro (1843). Nele comparece o interesse de Feuerbach por estabelecer a importância de uma filosofia cuja base é a realidade concreta e o reconhecimento da sensibilidade, a que nomeia “nova filosofia”. Por discutir a importância da concretude material para tematização do conhecimento, Feuerbach pressupõe a admissão de certa concepção ontológica, de modo que foi preciso passar por uma breve demarcação da ontologia materialista da qual a nova filosofia parte. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-02-2018

Como Citar

LIMA FILHO, J. E. ONTOLOGIA E CONHECIMENTO NOS PRINCÍPIOS DA FILOSOFIA DO FUTURO DE LUDWIG FEUERBACH. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 22, n. 2, p. 153, 2018. DOI: 10.5216/phi.v22i2.45635. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/45635. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais