O MOTIVO ÉTICO DO RECURSO À SUBJETIVIDADE TRANSCENDENTAL

Autores

  • Marcelo Fabri Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v21i1.37385

Palavras-chave:

Ética, fenomenologia, subjetividade transcendental, redução.

Resumo

O artigo procura investigar o motivo ético que conduziu Husserl à defesa de uma subjetividade transcendental. Em vez de se compreender a atitude fenomenológica como sendo uma abordagem puramente metódica e teórica da subjetividade humana, propõe-se uma interpretação prática da recorrência ao ego transcendental por parte de Husserl. Certo, a fenomenologia sempre começa com a suspensão da atitude natural, mas a possibilidade dessa suspensão envolve um paradoxo: para realizar a neutralização de nossas crenças ligadas à atitude natural, o ego precisa manter sua crença na razão e na ciência. Esta crença será determinante para se compreender o sentido ético da redução transcendental, isto é, a inauguração de uma forma inteiramente nova de vida.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Fabri, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1985), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Realizou estágio pós-doutoral na Università di Catania (Itália), de outubro de 2004 a julho de 2005. Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Ética Fenomenológica, atuando principalmente nos seguintes temas: subjetividade, cultura, motivação, Husserl, Levinas, ontologia contemporânea.

Downloads

Publicado

2016-08-28

Como Citar

FABRI, M. O MOTIVO ÉTICO DO RECURSO À SUBJETIVIDADE TRANSCENDENTAL. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 21, n. 1, p. 59–81, 2016. DOI: 10.5216/phi.v21i1.37385. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/37385. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Artigos Originais