Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijão preto e roxo

Autores

  • Maxwel Rodrigues Nascimento
  • Rogério Figueiredo Daher
  • Paulo Ricardo dos Santos
  • Alexandre Gomes de Souza

Resumo

A seleção dos melhores genótipos é dificultada devido ao efeito da interação genótipos x ambientes. Na existência dessa interação, o estudo de adaptabilidade e estabilidade fornece subsídios para a seleção dos melhores genótipos. Sendo assim, os genótipos selecionados deverão associar alta produtividade, adaptabilidade às diversas condições ambientais e estabilidade de produção. Objetivou-se avaliar e selecionar pré-cultivares de feijão preto e roxo com base na adaptabilidade, estabilidade e produtividade de grãos. Os parâmetros foram estimados por meio de modelos mistos e a seleção pela Média Harmônica da Performance Relativa dos Valores Genotípicos (MHPRVG). Os ambientes influenciaram na expressão fenotípica dos genótipos de feijão preto e roxo, configurando adaptação específica. Os genótipos de feijão preto BRS Esteio, BRS FP 403, CNFP 15681 e CNFP 16459 e as linhagens de feijão roxo CNFRx 16340, CNFRx 16346 e CNFRx 16353 apresentaram as melhores performances, considerando-se, simultaneamente, a produtividade de grãos, adaptabilidade e estabilidade. O método MHPRVG proporcionou seleção otimizada de genótipos com elevada produtividade de grãos, previsibilidade e responsividade à melhoria do ambiente, e deve ser utilizado como estratégia de seleção de genótipos de feijão para plantios comerciais.

PALAVRAS-CHAVE: Phaseolus vulgaris L., interação genótipos x ambientes, predição de valores genéticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-06-2022

Como Citar

NASCIMENTO, M. R. .; DAHER, R. F. .; SANTOS, P. R. dos; SOUZA, A. G. de . Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijão preto e roxo. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 52, p. e71631, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/71631. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico