COLHEITA DIRETA DE FEIJÃO COM COLHEDORA AUTOMOTRIZ AXIAL

Autores

  • José Geraldo da Silva Embrapa Arroz e Feijão
  • Homero Aidar Embrapa Arroz e Feijão
  • João Kluthcouski Embrapa Arroz e Feijão

Palavras-chave:

Perda de grãos, qualidade de grãos, velocidade de operação, período de colheita, cultivar de feijão

Resumo

A colheita mecanizada do feijoeiro é uma prática comum em lavouras de médio e grande porte, embora diversos fatores dificultem o emprego de colhedoras automotrizes. Ela requer cuidados especiais, porque muitas vagens situam-se próximas ao solo, causando perda significativa de grãos na operação. Foi instalado um experimento para avaliar a colheita do feijão, feita por colhedora automotriz provida de plataforma de corte flexível e sistema de trilha axial. Os fatores estudados foram: duas cultivares de feijão (BRS Valente e Iapar 81), dois períodos de realização da colheita (manhã e tarde) e três velocidades de operação (3 km h-1, 5 km h-1 e 7 km h-1). A altura média de corte das plantas foi de 93 mm e a perda de grãos de 135 kg ha-1. Esta perda foi maior no período da tarde do que de manhã. A velocidade de colheita afetou tanto a altura de corte das plantas quanto a perda de grãos. A danificação aos grãos foi influenciada pela velocidade de operação no campo e pelo teor de umidade dos grãos. O desempenho da colhedora, em termos de capacidade de trabalho e de qualidade e perda de grãos, dependeu da velocidade de operação, da cultivar e do estádio de maturação.

PALAVRAS-CHAVE: Perda de grãos; qualidade de grãos; velocidade de operação; período de colheita; cultivar de feijão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Geraldo da Silva, Embrapa Arroz e Feijão

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1978) , mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (1981) e doutorado em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1992) . Atualmente é pesquisador III da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola , com ênfase em Máquinas e Implementos Agrícolas. Atuando principalmente nos seguintes temas: máquina e implementos, preparo do solo, combustível e potência, propriedades físicas do solo.

Homero Aidar, Embrapa Arroz e Feijão

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1967), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1975) e doutorado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1978). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Sistemas Agrícolas e de Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: várzeas tropicais, integração lavoura-pecuária, feijoeiro comum.

João Kluthcouski, Embrapa Arroz e Feijão

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (1973), mestrado em Agronomia - Missisippi State University (1977) e doutorado em Agronomia pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de sistemas de produção, com ênfase em Integração Lavoura-Pecuária.

Downloads

Publicado

15-12-2009

Como Citar

DA SILVA, J. G.; AIDAR, H.; KLUTHCOUSKI, J. COLHEITA DIRETA DE FEIJÃO COM COLHEDORA AUTOMOTRIZ AXIAL. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 39, n. 4, p. 371–379, 2009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/6640. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico