FREQÜÊNCIA DE Salmonella EM GRANJAS DE POSTURA COMERCIAL LOCALIZADAS NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA E ENTORNO

Autores

  • Maria Auxiliadora Andrade UFG
  • Albenones José de Mesquita UFG
  • Aires Manoel de Souza UFG
  • Maria Aparecida da Costa Batista UFG

Palavras-chave:

Salmonella, aves de postura, salmonelose aviária

Resumo

Objetivando o isolamento de Salmonella, foram analisadas bacteriologicamente 1.304 swabs cloacais de aves de postura comercial de seis granjas localizadas no município de Goiânia - GO e entorno. A freqüência do patógeno nas granjas sem histórico de problemas sanitários foi de 3,98% (34/854) e nas granjas com histórico de problemas sanitários, de 11,33% (51/450). Os sorotipos mais comuns foram S. nchanga e S.pullorum.

PALAVRAS-CHAVE: Salmonella; aves de postura; salmonelose aviária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-12-2007

Como Citar

ANDRADE, M. A.; MESQUITA, A. J. de; SOUZA, A. M. de; BATISTA, M. A. da C. FREQÜÊNCIA DE Salmonella EM GRANJAS DE POSTURA COMERCIAL LOCALIZADAS NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA E ENTORNO. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 25, n. 2, p. 21–26, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2896. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo Científico