SUBSTITUIÇÃO DO FARELO DE SOJA TOSTADO PELA CASEÍNA NA ALIMENTAÇÃO DE FRANGOS

Autores

  • Celso de Paula Costa UFG
  • Christian Grandsire UFG
  • Benir de Oliveira UFG

Resumo

O presente trabalho foi realizado no Departamento de Zootecnia da Escola de Agronomia e Veterinária da U.F.Go., em Goiânia, Goiás. Neste experimento, no qual se utilizou 100 frangos (New Hampshire X Leghorn Branca), a proteína do farelo de soja tostada foi substituída pela proteína da caseína nos níveis de 33,5%, 50,0%, 67,0%, e 100%, aproximadamente (QUADRO I). Esta nota preliminar apresenta os resultados dos ganhos em peso de frangos com 4 semanas de idade (QUADRO III).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-10-2007

Como Citar

COSTA, C. de P.; GRANDSIRE, C.; OLIVEIRA, B. de. SUBSTITUIÇÃO DO FARELO DE SOJA TOSTADO PELA CASEÍNA NA ALIMENTAÇÃO DE FRANGOS. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 5, n. 1, p. 107–110, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2205. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico