COMPETIÇÃO ENTRE SETE VARIEDADES DE ALFACE NA ÉPOCA QUENTE EM GOIÂNIA

Autores

  • Peter Ernst Sonnenberg EAV-UFG

Palavras-chave:

Lactuca sativa, cultivares de alface

Resumo

Durante a estação quente e chuvosa, as variedades de alface, comuns na região de Goiânia, não se desenvolvem bem. A White Boston ou Sem Rival, que é a mais popular, não fecha cabeça e pendoa muito cedo. Neste experimento de competição, realizado na Escola de Agronomia e Veterinária da Universidade Federal de Goiás, foram comparadas as seguintes variedades: Babá, White Boston, Cazard, Grand Rápids, Grandes Lagos, Miracle Voorburg e Romana. Determinou-se a precocidade, o peso da parte comestível da planta, a formação de cabeça e a aceitação comercial. A Grande Lagos foi a melhor quanto à formação da cabeça e ao peso. Em segundo lugar se colocou a Cazard, que parece ser a mais indicada para o plantio de agosto a novembro, porque é do tipo cabeça com folhas lisas, enquanto a anterior é crespa.

PALAVRAS-CHAVE: Lactuca sativa; cultivares de alface.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-09-2007

Como Citar

SONNENBERG, P. E. COMPETIÇÃO ENTRE SETE VARIEDADES DE ALFACE NA ÉPOCA QUENTE EM GOIÂNIA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 16–21, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/1656. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico