A INFLUÊNCIA DO PROGRAMA DE VIVÊNCIAS CORPORAIS LÚDICAS NO PROCESSO DE VIVER DA PESSOA COM BIPOLARIDADE: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Daiane Wommer Universidade Federal de Santa Catarina
  • Albertina Bonetti Universidade Federal de Santa Catarina
  • Daniel Rodriguez Universidade Gama Filho
  • Andréa Targas Universidade Federal de Santa Catarina.

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v16i4.19604

Palavras-chave:

Transtorno Bipolar. Práticas corporais. Saúde. Lúdico. Bipolar Disorder. Body Practices. Health. Playful. Trastorno bipolar. Prácticas del cuerpo. Salud Lúdico.

Resumo

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar a influência do Programa Vivências Corporais Lúdicas no processo de viver da pessoa com bipolaridade. Consistiu em um estudo de caso, com uma mulher de 53 anos.  A coleta de dados foi efetuada através de entrevista semiestruturada. O projeto teve a perspectiva de trabalhar atividades pautadas na cultura corporal e não somente em um treinamento da capacidade aeróbia, força ou flexibilidade. A influência do programa proporcionou à participante não somente uma melhora no condicionamento físico, mas também momentos de descontração, interação e integração, propiciando autoconhecimento e aceitação dos próprios erros e das diferenças percebidas no outro, ou seja, facilitou e melhorou o processo de “estar consigo”, “estar com o outro” e “estar no mundo”.

 

Abstract

The aim of this study was to analyze the influence of Playful Body Experiences Program in the process of living of people with bipolarity. It consisted in a case study of a woman aged 53 years old. Data collection was done through semi-structured interview. The project had the prospect of working activities guided by the physical culture and not only in training of the aerobic capacity, strength or flexibility. The influence of the program has provided to the participant not only an improvement in fitness, but also moments of fun, interaction and integration, providing self-knowledge and acceptance of own mistakes and the differences perceived in the other, in the other words, facilitated and improved the process of “being with you”, and “stand with the other” and “being in the world”.

 

Resumen

El objetivo Del estudio fue analizar La influencia Del programa de vivencias corporales lúdicas en el proceso de vivir de La persona con bipolaridad. Constituyo en un estudio de un caso de una mujer de 53 años. La colecta de datos fue efectuada a través de una entrevista semiestructurada. El proyecto tuvo la perspectiva de trabajar actividades pautadas en la cultura corporal y no solamente en un  entrenamiento de capacidad aeróbica, fuerza o flexibilidad. La influencia del programa proporciono al participante no solo una mejora en el condicionamiento físico, también mejoro los momentos de des contracción. La interacción e la integración, propiciando un autoconocimiento y aceptación de los errores propios e de las diferencias percibidas en el otro, o sea, facilito y mejoro el proceso de “estar consigo mismo”, “estar con el otro” y “estar en el mundo”.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daiane Wommer, Universidade Federal de Santa Catarina

Licenciada em educação Física - UPF.

Especialista em Exercício Físico Aplicado à Reabilitação Cardíaca e à Grupos Especiais - UGF.

Atualmente cursa Bacharel em Educação Física - UFSC.

Currículo Lattes:  http://lattes.cnpq.br/6074490553514623

Albertina Bonetti, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Currículo Lattes:  http://lattes.cnpq.br/6796013687325962

Daniel Rodriguez, Universidade Gama Filho

Especialista em Fisiologia do Exercício - UGF.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9842055516025673

Andréa Targas, Universidade Federal de Santa Catarina.

Bacharel em Educação Física - UFSC.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2003131393246483

Downloads

Publicado

2013-12-20

Como Citar

WOMMER, D.; BONETTI, A.; RODRIGUEZ, D.; TARGAS, A. A INFLUÊNCIA DO PROGRAMA DE VIVÊNCIAS CORPORAIS LÚDICAS NO PROCESSO DE VIVER DA PESSOA COM BIPOLARIDADE: UM ESTUDO DE CASO. Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 4, 2013. DOI: 10.5216/rpp.v16i4.19604. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/19604. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais