AMIZADE, PERTENCIMENTO E RELAÇÕES DE PODER NO FUTEBOL DE BAIRRO

Autores

  • Luiz Carlos Rigo Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v10i1.194

Palavras-chave:

Futebol, Bairro, Amizade, Pertencimento

Resumo

O presente artigo tem como referência empírica o caso da Sociedade Recreativa Arealense, um clube esportivo - recreativo de bairro tradicional da cidade de Pelotas, fundado em 1920. O objetivo é analisar as práticas futebolísticas infames, ou seja, não famosas. Prioriza-se, no texto, uma reflexão sobre como este futebol se constitui e é constituído por uma sociabilidade específica, por sentimentos de pertencimento e por relações de poder. Para desenvolver o estudo, foi utilizada uma metodologia que alia fontes orais, escritas e imagéticas. PALAVRAS – CHAVE: futebol – bairro – amizade - pertencimento

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Rigo, Universidade Federal de Pelotas

Escola Superior de Educação área de atuação Estudos Culturais em Educação Física.

Downloads

Publicado

2007-03-27

Como Citar

RIGO, L. C. AMIZADE, PERTENCIMENTO E RELAÇÕES DE PODER NO FUTEBOL DE BAIRRO. Pensar a Prática, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 83–98, 2007. DOI: 10.5216/rpp.v10i1.194. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/194. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais