Um Método para o Diagnóstico das Habilidades Gerenciais de Egressos em Engenharia como Subsídio ao Arefeiçoamento de Projetos Pedagógicos no Escopo da Gestão: Um Estudo de Caso

Authors

  • Leonardo Guerra de Rezende Guedes Universidade Federal de Goiás Pontifícia Universidade Católica de Goiás
  • Amanda Martins Cordeiro EEC/PUC-Goiás
  • Nélio Benedito Fleury ABEE-Goías

Abstract

O presente trabalho apresenta uma proposta de diagnóstico da maturidade em gestão (presente e requerida) para o exercício das funções de direção, supervisão e gerência típicas de empresas de engenharia a partir da avaliação das habilidades gerenciais técnicas, pessoais e administrativas dos profissionais e da identificação do grau de estimulo e de produtividade presentes nos ambientes de trabalho específicas das empresas. Esta proposta de diagnóstico pretende gerar informação orientadora ao aperfeiçoamento dos projetos pedagógicos dos cursos de engenharia, especificamente quanto à formação do engenheiro para gestão em sua área de atuação. A definição (i) das habilidades dos gerentes, (ii) das ações que caracterizam estas habilidades e (iii) quais e o quanto destas ações são necessárias e imprescindível para motivar ou otimizar uma equipe, dado um certo ambiente de trabalho, e estabelece parâmetros e, em consequência, uma “estimação paramétrica” das ações que determinam o grau das habilidades gerenciais técnicas, pessoais e administrativas. Logo podemos estabelecer as ações pedagógicas específicas que desenvolvam as habilidades individuais de cada aluno rumo ao sucesso da gestão em engenharia.

Author Biography

Leonardo Guerra de Rezende Guedes, Universidade Federal de Goiás Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Doutor e Mestre em Engenharia Elétrica e de Computação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (1996,1994). É professor titular da PUC-Goiás, professor associado da Universidade Federal de Goiás e professor colaborador da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Gestão, com ênfase em Planejamento e Gerenciamento de Projetos em Tecnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e gestão industrial, computação aplicada e sistemas de comunicação. Atuações de destaque: Presidente do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG; Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG; Presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas - Sessão Goiás - ABEE-GO; Vice-Presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - Regional Goiás - CREA-GO. Diretor Executivo da Fundação Aroeira (PUC Goiás), Membro da Comissão Brasileira de Comunicações (CBC 2) da ANATEL, no Grupo de Administração do Espectro Radioelétrico e Propagação (GRR 5) e Sub Grupo ad-hoc de Propagação. Membro do Conselho Diretor da Rede Centro Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação PRÓ-CENTRO OESTE (Portaria Interministerial MCT-MEC 1.038/2009).

References

ANDRADE, D. F.; TAVARES, H. R.; VALLE, R. C. Teoria da Resposta ao Item: Conceitos e Aplicações. Anais do SINAPE, Caxambu – 24 a 28/07/2000. ABE-Associação Brasileira de Estatística.

BAKER, F. B. The Basics of Item Response Theory. Second Edition. ERIC Clearinghouse on Assessment and Evaluation, 2001.

BOCK, R. D.; AITKIN, M. Marginal maximum likelihood estimation of item parameters: An application of a EM algorithm. Psychometrika

CORDERO R, FARRIS G. F. and DITOMASO NANCY: Supervisors in R&D Laboratories: Using Technical, People, and Administrative Skills Effectively. Ieee Transactions on Engineering Management, Vol. 51, No. 1, February 2004

DAMANDO, F. S.; GUEDES, L. G. R. Ferramenta Computacional de Apoio Pedagógico Baseada em Testes Adaptativos Informatizados e Teoria de Resposta ao Item. 2o. Seminário Nacional ABED de Educação a Distância, 2004.

RIBEIRO, L. G. Managerial Maturity at R&D Laboratories. In: Proc. of the IEEE International Engineering Management Conference - IEMC 2006. Piscatway: IEEE Pres, 2006.

SACHS, R. T. Como Avaliar o Desempenho e a Produtividade. Rio de Janeiro, Ed Campus, 1995

CORDEIRO, A. M., Análise e Gestão de Oportunidades Tecnológicas Hodiernas, Relatório de Iniciação Científica – BIC, PUC Goiás, 2014.

Published

22-12-2015