OCTAVIO PAZ E O LABIRINTO DA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Júlio Pimentel Pinto Professor do Departamento de História da USP.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v13i2.6644

Resumo

Ao retomar a trajetória biográfica de Octávio Paz, assim como ao aludir ao contexto da escrita, da publicação e das reedições de O labirinto da solidão, pretendese discutir a importância da questão identitária na América Latina, de forma geral, e no México, de forma particular. Acompanhando o esforço de representação do mexicano na obra citada, busca-se reavaliar as críticas endereçadas ao texto de Paz, considerando a atualidade do seu escrito pela estreita vinculação a um desejo de identidade, ao mesmo tempo, constante e em transformação.

 

PALAVRAS-CHAVE: Identidade, Octávio Paz, México.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlio Pimentel Pinto, Professor do Departamento de História da USP.

Downloads

Publicado

2009-07-09

Como Citar

PINTO, J. P. OCTAVIO PAZ E O LABIRINTO DA AMÉRICA LATINA. História Revista, Goiânia, v. 13, n. 2, 2009. DOI: 10.5216/hr.v13i2.6644. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/6644. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê