A HONRA PERDIDA DE RAFAELA SANDOVAL NA INDEPENDÊNCIA (POPAYÁN, 1821-1823)

Autores

  • Jaime de Almeida Professor do Departamento de História da UnB.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v13i2.6642

Resumo

O processo por estupro aberto por Teresa Laso contra o coronel José Concha mostra aspectos pouco discutidos da Independência: a expressão escrita juridicamente estereotipada de gritos, falas, gemidos e silêncio, carregados de ressentimento. O processo se desenrola enquanto a guerra prossegue alimentando ressentimento, exigindo mais e mais recrutas, gado, cavalos, suprimentos, dinheiro.

 

PALAVRAS-CHAVE: Independência, Colômbia, Popayán, estupro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaime de Almeida, Professor do Departamento de História da UnB.

Downloads

Publicado

2009-07-09

Como Citar

ALMEIDA, J. de. A HONRA PERDIDA DE RAFAELA SANDOVAL NA INDEPENDÊNCIA (POPAYÁN, 1821-1823). História Revista, Goiânia, v. 13, n. 2, 2009. DOI: 10.5216/hr.v13i2.6642. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/6642. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê